Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

A Morte... - por vestivermelho

A morte
Sempre enfeitada com flores coloridas, vermelhas e brancas
Todo os tipos e formatos, delicadas ou rústicas
Perfumadas, onde tudo parece calmo

A morte...
Vem misteriosa e permanece misteriosa
Poucos reconhecem sua chegada
Uns temerosos, outros querendo que ela nem venha
Mas ela vem
Sorte de quem se preparou para recebê-la:
Reconhece e parte tranquila na escuridão do desconhecido
Outros não a reconhecem, e temem
Luz é colocada em forma de velas
Como se marcando o local para que os anjos da morte encontrem o caminho de volta de onde vieram.
Um dia irei te encontrar vestida de cetim vermelho
Pois em qualquer lugar esperas por mim
E no teu beijo provarei o gosto estranho que eu quero e não desejo, mas tenho que encontrar
Vem, mas demore a chegar.
Eu te detesto e amo morte, morte, morte
Morte, morte, morte que talvez seja o segredo desta vida
Morte, o grande mistério da vida...
.
.
.
Visitem vestivermelho
.
.

2 comentários:

Paulo Ribeiro Alvarenga disse...

O beijo da morte tráz um sabor misterioso, silencioso, amedrontador porém confortador num abraço eterno. O melhor a fazer é apreciar esse beijo com prazer pois contrariando tudo o que as pessoas pensam, ela não deve ser feia e sim linda e muito atraente. No dia marcado para o nosso encontro,em que ela estará vestida de preto, vou agarrá-la apreciando nosso encontro e beijá-la eternamente.

Ana disse...

Podiscrê, vesti, o que é mais misterioso do que a morte? Ai, dá até um calafrio!
Beijos de ano novo procê, menina!