Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Reflexo - por Kbçapoeta

Verte lágrimas ao olhar no espelho,
Não acreditava no que via.
Perguntava-se onde teria ido seu sorriso,
Sua pele lisa, seu brilho nos olhos
Que vislumbrava amores possíveis.
Em um instante
Sua alma não estava diante do espelho,
Fora aterrissar em lembranças distantes e remotas,
Onde julgava ser mais feliz.
.
.
.
Visitem Kbçapoeta
.

Dotes Culinários... - por Ninguém Envolvente

.
BOLO DE FUBÁ COM ERVA DOCE COBERTO COM CHOCOLATE AO LEITE.
.Modo de preparo
- Compre a mistura de saquinho ou caixinha (assim você evita esquecer o fermento, por exemplo).
- Misture tudo conforme manda o verso da embalagem.
- Amigo(a): tire a casca do ovo hein... (mas se você tiver osteoporose, use a casca junto: além da crocância, vai ser um bolo megacalcificado).

Unte a assadeira: passe margarina e depois jogue farinha, sacode e tá pronto.

Coloque no forno pré-aquecido: não fique abrindo depois o forno, ou vira bolo terremoto (só cresce de um lado).

Geralmente, é impossível dar errado... Mas não fique P da vida se ficar duro ou com gosto estranho.

Como saber se já está pronto?
1- Conte o tempo
2- Espete um palito e se sair seco é que está pronto
3- Quando sentir o cheiro de queimado é certeza que está pronto.

Ahh... Não desenforme quente!!! Porque o fundo fica todo grudado. (Pena que só aprendi isso, depois de meu 245830983º bolo!)

Dica: Não tome com café, pois da uma azia desgraçada!

Cobertura: Rale meia barra de chocolate de sua preferência, coloque em um recipiente de VRIDO.
Aproveite o calor do forno, para derreter o seu chocolate...

E aí reza depois pra ter ficado comestível...
Olha o meu como ficou!
Chique né? rs...
.
.
.
.
.
.
.
.

A Lágrima se Fez Vidro - por Esther Rogessi

.
.

.
.
Guardo em minha mente
O longo beijo que te dei...
E outros que de te roubei.

Insana minh’alma reclama,
Tua presença a toda hora
A lágrima caída na areia...

Com o tempo vidro se fez!

Triste desfecho dessa história.
.
.
.(Minha participação em “ALMAS”, com Edson Leite, Theresa Russo... e a quem quiser participar.)
.
.
.
.
.

Augusto dos Anjos e “A Árvore da Serra” - Citado por Penélope Charmosa

- As árvores, meu filho, não têm alma!
E esta árvore me serve de empecilho...
É preciso cortá-la, pois, meu filho,
Para que eu tenha uma velhice calma!

- Meu pai, por que sua ira não se acalma?!
Não vê que em tudo existe o mesmo brilho?!
Deus pôs almas nos cedros... no junquilho...
Esta árvore, meu pai, possui minha’alma!...

- Disse - e ajoelhou-se, numa rogativa:
“Não mate a árvore, pai, para que eu viva!”
E quando a árvore, olhando a pátria serra,

Caiu aos golpes do machado bronco,
O moço triste se abraçou com o tronco
E nunca mais se levantou da terra!
.

Comentário - por vestivermelho

.
Escrever bem, passar o que de fato acontece é preciso ter sentimentos e sentimentos não se aprende em faculdades.
Apenas um desabafo de uma sonhadora... rsrs
.
.
.Comentário em Tá Tudo Liberado!, de Gio.
.
.
. Visitem vestivermelho
.
.