Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quarta-feira, 17 de março de 2010

Vagões - por Leo Santos

No trilho da vida, enorme comboio,
passa e passa, cansando a vista;
cabina escura, oculto maquinista,
mas há quem o possa enxergar;

O trem da avareza queimando seu óleo,
amontoando o que devia ser plano.
Dia pós dia, vagões engatando,
a uma locomotiva que já vai parar…

Transporta pro além a dor de alguns,
fabricantes de dores aqui.
Guardando as sombras somente pra si,
e a calma, que queime os rivais…

Mas, os dormentes já estão carcomidos
e a ponte não cruza o desfiladeiro;
as coisas que não compra o dinheiro,
embora gratuitas, lhes são caras demais…

Há muitos que os invejam, no entanto,
e pelo bilhete, dariam tudo;
imaginando a aquisição de um escudo,
por verem, tal qual parece;

Seus olhos fitos, ninguém os demove,
do sonho da grande escalada,
reputando tudo, aquilo que é nada,
o que ouvem diverso, logo esquecem…
.
.
.
Visitem Leo Santos
.

Hermógenes e a Quietude - Citado por Alba Vieira

.
Se o vaga-lume aprendesse a ficar quietinho, aceso, satisfeito, humilde e tranquilo, não haveria quem não o tomasse por estrela.
É bom ficar quieto, paciente, em silêncio, esperando a visita da Luz.
O vaga-lume tem luz, mas é ainda vaga.
Falta-lhe quietude. Silêncio já tem. E tem também o negrume da noite envolvente a servir-lhe de fundo, a realçar-lhe o fogo.
.
.

Albert Einstein e a Tradição - Citado por Penélope Charmosa

.
A tradição é a personalidade dos imbecis.
.
.

O Caminho - por Yuri

foi em uma noite
tenho uma vaga lembrança como se fosse ontem
havia pouca luz e muita chuva
como eu fui tão bobo? e você tão mau?
e pra onde foi toda aquela sua paixão?
nós éramos tão ligados, e acho que ainda somos... mas depois que te assisti mas ou menos de camarote
eu não tive mais tanta certeza...
eu era tão novo ontem
hoje levo como lição, até porque nada é pra sempre
e eu nunca pensei que seria com você, só cheguei pensar que tinha um toque de realidade
agora minha cabeça gira, gira e gira... mas tanto que não consigo te achar em cada posto que ela estaciona rápido
e tenho na mente agora o que um velho conhecido disse: a paixão requer respeito, e ela não te deu isso
e eu enxergo agora com luz sua paixão venéfica
antes eu tivesse uma antropofobia para que minha algofobia não surgisse nunca
porque quando o tenho em minhas mãos começo a tremer mais uma vez como se fosse cair no mesmo instante com medo nos olhos e nas mãos
de seguir em frente
é quando você quer alguém pra desperdiçar toda aquela dor que parece ser sem fim
tudo aquilo que ela te causou
parece que todos se transformam em nuvens, flutuam e simplesmente somem
na verdade estou de saco cheio disso! de pessoas egocêntricas! e não sei se aguento mais por muito tempo
ficar só na caminhada dói, mas dói mais seguir deixando pra trás cada instante perdido
não preciso mais que esfreguem na minha cara, já está tudo 4x4 em meus olhos
deixe que o barulho do mar quebre nosso silêncio
até porque eu não tenho mais nada pra te dizer hoje...
fatos concretos ou não, não preciso deles, já está tudo tão perto, é só ligar os fatos reais
e o caminho é longo
está em meus olhos!
.
.
.Visitem Yuri
.
.