Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sábado, 14 de março de 2009

Carol Conrado

.
.
.
.
Cidade Rio de Janeiro
.
Idade 20
.
Signo Leão
.
Influência Eu mesma
.
.
.
.
.
.
.
.

Epitáfio do Espião - por Ana

.
Aqui não jaz ninguém.
.
.

O Homem que Foi Sexta-Feira - por Ana

O Homem que Foi Sexta-feira - G. K. Chesterton


“Gostei.”



Resposta a “Nem Todos Estão Aqui...”, de Raquel Aiuendi.
.
.
.
E você? De que livro você gostou?
.

Come Direito, Garoto! - por Alba Vieira

Prove legumes!
Comida plástica não!
Provoca câncer!!!
.

Estou Lendo... - por Raquel Aiuendi

Ensaio sobre a Cegueira - José Saramago
O Vendedor de Sonhos: o Chamado - Augusto Cury


“Estou lendo: Ensaio sobre a cegueira - José Saramago; e O vendedor de sonhos, o chamado - Augusto Cury.
Estou gostando mais do primeiro por parecer mais natural a inspiração do autor.
Não tinha lido nenhum dos autores até agora.”



E você? Que livro está lendo?
.

Relativo - por Vicenzo Raphaello

Inexiste dignidade
Inexiste ética
Inexiste consciência
Inexiste pudor
Inexiste lei
Inexiste punição
Inexiste competência
Do ilustríssimo companheiro ao faxineiro
é a farra instalada
Rituais são necessários
Burocracia facilitadora
quanto mais comissões
maior é a comi$$ão
Quanto maior a comi$$ão
menos tudo
saúde
escolas
saneamento
pesquisas
Mais mortes
mais desesperança
Aí continuamos
nas mãos desta corja
encastelados
blindados
sem que haja texto
que mude esta sina.


Resposta a “Escamotear Sempre”, de Alba Vieira.
.

Quem Escreve... - por Odenir Rosa

.
Quem escreve algo para si ou para os outros é sempre um solitário tentando ser ouvido ou notado por alguém!!!
.
.

Roda de Vida - por Alba Vieira

Cantiga de roda já saiu de moda
Contudo, na roda, persiste em voga
Tanta coisa jocosa
Porque roda é roda,
Roda e só roda.
.

Que Sede - por Raquel Aiuendi

Que sede
Seca
A língua
Não fala
Só bebe
Não verte
Se quebra

Que sede
nem mono
nem poli
nem homo
ou hetero
ssílabos
dureza
cais
sem mar
ao mar
cai
amar?

Que sede
Vós
Sejamos
Nós
Elos
No des
fazer.
.

Rolam as Pedras - por Kbçapoeta

As pedras rolam
porque alguém
as fez rolar.
A dor figurada
que há anos os poetas relatam,
dói porque deixamos doer.
Deixamos doer porque alguém
nos disse que era humano,
bonito e poético.
Queria uma tristeza finita,
e que a felicidade fosse o oposto.
Hoje em dia tenho:
felicidade nunca vista, e
uma tristeza perene.
.

Mulher é um Vinho - por Poty

Mulher é como vinho...
É de uma delicadeza!
Mas bem guardada,
Cuidada,
Amada...
Nunca estraga!
Quando envelhecer
Será bem deliciada!
.

La Lluvia Pasará - por Yuri

A chuva molhará nossos pés e nos sentiremos iguais outra vez.
Depois, amanhã, assim que sair um sol mais ou menos e um tempo nublado e por outro lado limpo e plano, e no outro dia aquele sol de engano, nos sentiremos iguais de novo.
Mas por que sempre suas vontades e desejos sempre me afastam de você(?)!
Odeio falsidade! Como odeio que sempre os infiéis digam que nunca o fará.
Mas o que dói mais é saber que sinto uma grande dor por dentro.
Tomara que deixes de ser hoje o que me ofende...
Agora só há que seguir. Quero muito e desejo que sejas feliz. Mas quando olhar o sol se lembrará de mim.
Mais uma vez cair, levantar mais forte e tudo sempre muda outra vez.
Dos bons momentos nunca esquecerei e creio que seja melhor te recordar assim... Mesmo que caiam lágrimas e eu grite, chore e sangre por dentro, momentos bons vivi ao seu lado. E tínhamos algo real.
.

Recado - por Vicenzo Raphaello

Experimente Satie
Econômico
Com algum mistério
Instigante



Resposta a "Minha Música", de Ana.
.

Tesouros - por Odenir Rosa

.
Saber ler e escrever, sem dúvida é o maior tesouro de uma pessoa, depois de sua família!!!
.
.