Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 11 de novembro de 2012

Nossas Almas Pianísticas- por InEx TrEe FaLLs



Façamos um pacto poético

Casemo-nos no imaginário

Tu és o vento eu sou a folha

Amor sacudido no invisível



Celebraremos a inspiração

O nascimento de um poema

Nossa essência fecundada

No ventre da expressão



Nossas almas pianísticas

Sétima letra segregada

Notas musicais em sol maior

Na ponta dos dedos tatuada



No web mundo da fantasia

Despimo-nos da matéria

Somos a etérea aliança

Casemo-nos com a poesia


.
.

"Tenho Mais Almas que Uma", de Ricardo Reis - Citado por Ana


Vivem em nós inúmeros;
Se penso ou sinto, ignoro
Quem é que pensa ou sente.
Sou somente o lugar
Onde se sente ou pensa.

Tenho mais almas que uma.
Há mais eus do que eu mesmo.
Existo todavia
Indiferente a todos.
Faço-os calar: eu falo.

Os impulsos cruzados
Do que sinto ou não sinto
Disputam em quem sou.
Ignoro-os. Nada ditam
A quem me sei: eu ’screvo.

.Fernando Pessoa

Agradecimento - por Alba Vieira



Valei-me Deus por cada lampejo de razão!
Pois que o homem que não pensa
É só um joguete num folguedo de ilusão.
 
Pensar tempera a emoção sem negá-la.
Sonhai, incautos, com o deleite!
E esperai pela mansidão!
Esperança é a última que morre...
 
Mas, cuidado! Aqui é lugar de embates.
Só os fracos é que esperam em vão.
 
Entretanto, a paz só aparece
Quando a mente é a ponte para dentro.
O descobrimento do Eu real acontece.
É o êxtase, o verdadeiro encontro.


 

QUAL A RAZÃO DE SER, OU A GRAÇA QUE HÁ, - por Tércio Sthal

EM TRANSFORMAR-SE NUMA FARSA.
(MITSUO AIDA)
 




EM CENA

Quero que caiam as máscaras,

o jogo de cena e seus disfarces,
quero que ressurjam as pessoas
revelando suas próprias faces.
 
Eu quero que cada circunstância,
cada momento, cada interveniência,
seja de grande valia e importância
e possa me servir como referência.
 
Vou preferir permanecer em cena
não quero desistir do que acredito,
vou lutar por algo que valha a pena
mesmo que tenha que correr perigo.
 
Quero entender o que diz a bula,
para não fazer coisas sem sentido,
e compreender até voz de mula,
para aprender a avaliar o que digo.
 
Se eu tiver que atravessar o deserto
vou beber água, mais água, mais água,
como o camelo que sabe, por certo,
como pesam, nas costas, as cargas.
 
                           Visitem Tércio Sthal

 
 

Antonio Cícero e “O Grito” - Enviado por Penélope Charmosa

 
Estou acorrentado a este penhasco
logo eu que roubei o fogo dos céus.
Há muito tempo sei que este penhasco
não existe, como tampouco há um deus
a me punir, mas sigo acorrentado.
Aguardam-me amplos caminhos no mar
e urbes formigantes a sonhar
cruzamentos febris e inopinados.
Você diz “claro” e recomenda um amigo
que parcela pacotes de excursões.
Abutres devoram-me as decisões
e uma ponta do fígado mas digo
E daí? Dia desses com um só grito
eu estraçalho todos os grilhões.
 
 
 


In “A Cidade e os Livros”, p. 33.
 

(Sem Título) - por Poty


Quando penso em você são sensações de alívio, de prazer...
Entro numa zona de conforto.
É prazeroso pensar em ti
É confortante conversar contigo
Sinto estar voando
Percebo ao meu lado
Como é bom saber que moras em meu coração.
Sonhar contigo me faz bem,
Sentir-me outro.
Pensei, penso
Sonhei e gostei
Vou sonhar muito mais!
Você é demais!

Visitem Poty


Selo “É Bom Saber que Você Está... Aí...” - Recebido de Gio

 


Regrinhas

1. Postar o blog que te indicou:
Blog do Gio.

 2. Escrever qual o significado dos comentários que seus amigos fazem em suas postagens:
como o Duelos é um blog coletivo, não há como responder a esta questão.

3. Indicar 6 blogs
(de preferência, daquelas pessoas que você corre nas suas postagens para ver se ela comentou):
conforme shintoni fazia, a indicação vai para os blogs de todos os autores.


O Duelos agradece, Gio!