Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




segunda-feira, 16 de março de 2009

Indiazinha Sem Torcida: - por Ana

Tá mordida!!! Tá mordida!!!
Só porque tenho torcida!
Você tá doida da vida!
Já viu que não tem saída!

Que tem amigos, eu sei,
Pois se faz de coitadinha
E os corações compassivos
Vêm te dar uma mãozinha.

Verdade, aí, passou longe,
Tu nem sabe o que é isto:
Manda caô à vontade!
É até um troço esquisito...

Também gosto do embate,
Agradeço os elogios,
Mas me chamou de jumento...
Já partiu pro desafio!

E não esqueci, inclusive,
Que num comentário aí
Me falou “coruja velha”
E vou responder aqui:

Coruja velha é a mãe,
Jumento é o senhor seu pai.
Manda a bola que eu rebato,
Cê nem vê pra onde vai.

Estraçalho mesmo, sempre,
Arrebento sem ter dó,
Mando sempre muitas notas,
Você fica numa só.

Naquela nota que é fria,
Fora do diapasão:
Querendo ter muitos fãs
Só na dissimulação.

Que falsas acusações?
Você não citou nem uma!
Começa e não termina,
Argumento não arruma.

E que opiniões erradas?!
Não emito opinião:
Apenas mostro pra todos
Sua triste condição.

Eu tive algum ato falho?
Falhou tu, que não mostrou.
Eu não falho, minha filha,
E tu, outra vez... moscou.

Falar em Moscou me ocorre:
A coisa pra tu tá russa!
Vai entrando em guerra quente,
Com esse abraço de ursa.

E forte eu sou realmente,
Infalível sou também,
Por isso eu tenho torcida!
É só pra quem pode, meu bem...

Desprezou meus caros fãs!
Diz que deles não depende!
Ligue, não, povo querido,
Ela só geme e ofende.

Tenho link com a galera.
Tenho mesmo, e daí?
Eu linko sempre, com amor,
E eles linkam para mim.

Não tenho torcida-escudo,
É torcida triunfal:
Com pompons e bandeirinhas,
Cornetas e ola geral!

(E em especial agradeço
A Bruno, por suas palavras,
Cronista fenomenal,
Me inspirou com sua lavra.)

Manipulo é o teclado
Muito bem, sabe você;
Meu curso não vem ao caso,
Tô aqui para escrever

Com a intenção de divertir
A mim e a todos também,
E pra você eu só digo:
Comigo, nem vem que não tem.

É claro que todo mundo
Te aguarda com ansiedade,
Pra que eu leia teu rascunho
E corrija com a verdade.

Tu não é despretensiosa,
Nem aqui nem lá na China:
Pretende ganhar de mim
Com seus versos-purpurina.

Mas tá enganada, garota,
Se pensa que vai conseguir:
Tu nem consegue arranhar,
Que dirá me destruir!

E se você quer torcida,
Eu resolvo o seu problema:
Basta ler com atenção,
Até o fim, o poema.

Pra todos mando um beijão,
Com a partida decidida:
Deixei a bichinha no chão
Desesperada e... contorcida!





Resposta a “Com ou Sem Torcida...”, de Raquel Aiuendi
e comentário de Raquel Aiuendi em “Ana” (*Autores: Quem Somos Nós (Perfis)).
.

Paulatinamente - por Luara Lua

.
.
.
....................
.
.
.
A intenção de postar imagens neste blog
é propiciar inspiração para textos referentes a elas.
.
.
.

José Saramago - por Ana

Já li José Saramago. Ele flui mesmo, fácil e interessante. Ouvi-lo falar é demais! Muito legal! O pensamento criativo dele é de uma facilidade espantosa! Bom por demais!



Resposta a “Estou Lendo...”, de Raquel Aiuendi.
.
.
.
E você? Que autor você acha bom demais?
.

Estou Lendo... - por Alba Vieira

Vida Incondicional: como controlar as forças que moldam a realidade pessoal - Deepak Chopra
Escrava Isaura - Bernardo Guimarães


E você? Que livro está lendo?
.

Ouvi e Gostei

Se você ouviu uma música e gostou da letra, deixe-a aqui, em “comentários”, com o nome do autor e do intérprete, que nós postaremos.
.

Henry Ford e seu Entusiasmo - Citado por Penélope Charmosa

Você pode fazer tudo se você tem entusiasmo.
Entusiasmo é o fermento que faz com que sua esperança se eleve até as estrelas.
Entusiasmo é o brilho em seus olhos, o vigor de seu caminhar, o seu aperto de mão, o irresistível impulso de desejo e energia para a execução de suas ideias.
Os entusiastas são lutadores. Eles são fortes. Eles têm qualidades duradouras.
Entusiasmo subjaz a todo progresso.
Com ele, realizamos coisas.
Sem ele, há apenas álibis.
.

Destino - por Passa-Tempo

Jovens apaixonados,
Estradas sem rumo
Seguem na mesma direção,
Seguem o futuro,
Imaginam-se pra sempre juntos,
Casar-se e tudo mais,
Amar-se-ão para não se separar jamais.
.

Emoção - por Alba Vieira

Chuva caindo
Corações se abrindo
Alma lavada
.

Medo - por Raquel Aiuendi

Gerar um novo horizonte
Gerir essa esfuziante fonte
Que bole por dentro, embola
O antes linear e extrapola...

Coração pulsar vivente, mas
Fraco impulso rumo à paz
É um vazio que só ratifica
Vontade tímida e raquítica

Que estrangular esse medo
Não ousará agora e nunca
Ego de puríssimo arremedo
Deixa a pessoa inerte, muda.

Vive um eterno carnaval
Numa fachada sem igual
Lutas, affes e dicotomia
Mutas em up e agonia.
.

A Vida... - por Therezinha

.
Quando você acha que sabe todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas.
.
.