Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Contradição - por Rosa Cancian

Discrimina-se
a infância prostituída
pelo seu infeliz destino.

Mas reverenciam-se
os bordéis dessa sociedade
hipócrita e medíocre.
.

Momento de Consciência - por Rosa Cancian

Quando me sinto uma
erudita autêntica
ação eloqüente
vinda de ignorante aparente
espaços em mim preenche
que eu nem sabia existentes.
.

Dúvida - por Rosa Cancian

Será ateísmo
não bater o cajado
na rocha pra ver
água pura e cristalina jorrar
ou será ingenuidade
manter os olhos elevados
esperando maná para se
alimentar?
.

Com Certeza - por Rosa Cancian

“Se a humanidade amasse verdadeiramente uns aos outros, haveria fome e miséria no mundo?”
É um questionamento comum com uma resposta óbvia mas, infelizmente, muitas pessoas ainda não estão dispostas a viver essa resposta.
.

Dúvida - por Raquel Aiuendi

Não sei se eu conceituo ou se sou assaltada pela expressão do conceito que sou.
Raquel Aiuendi
Neste dia.
.

Contradição - por Rosa Cancian

Evangelizar diabolizando
pregar a vida exterminando
fazer a flexibilidade radicalizando
pedir silêncio gritando
realizar a paz bombando
exigir amor violentando…
.

Cada qual com seu cada qual… - por Rosa Cancian

“Natal noite de luz
Carnaval noites de nus.”
.

Aflição - por Rosa Cancian

Não sei o que é
mais assustador
se a gang pela
sociedade estereotipada
ou se a juventude
engomada e pela
mesma sociedade
resguardada!!!
.

Mudança - por Rosa Cancian

Não acredito
Nem no além nem no divino
Por isso não haverá
Milagre se repetindo.
O que pode acontecer
É a descoberta de uma palavra
Que traz resultados profundos:
Solidariedade, essa sim,
Pode mudar o mundo.
.

Encontro

Crie um texto sobre este tema e deixe aqui, em “comentários”, que nós postaremos.
.

Flores em Escarpas - por Ana

Hoje você foi uma sombra que persegui e perdi por um minuto. Ficou a sensação de mãos que não conseguem alcançar, mas que deixam no ar um movimento bonito durante a busca, a tentativa. Era eu um minuto atrás de você que se foi sem saber de meus olhos.
É assim essa parte da vida: você que vai e eu que vejo, sem tocar ou chegar perto, apenas olhando e sentindo.
E isso me aquece: a sua existência e o meu sentimento. Até que transborda por completo e dá lugar ao vazio frio que me faz desejar o tocável que então busco; mas, ao encontrar, junto está a sua ausência, que torna o palpável impossível de me preencher.
Então me afasto, me volto para você e o ato simples de olhar me basta novamente.


Inspirado na pintura Flores em Escarpas, de Alba Vieira.
.

Eram Tempos de Flores - por Raquel Aiuendi

Tempos que se regavam às escondidas as flores, flores que nasciam em quintais ermos, quintais de solidão solidária e altruísta… flores as mais diversas, como tudo neste país; flores, flores, flores… primavera proibida, primavera desejada, primavera quase desesperançada, primavera outonada…Primaveras despertadas por sonhadoras flores-sementes que um violento clima despetalou, fortes flores, tristes apenas pela dor, felizes por suas cores de Amor.

Homenagem a todos os que lutaram por algo melhor num país onde a auto-estima não é das melhores.
.
.
Inspirado na pintura Flores em Escarpas, de Alba Vieira.
.

MSN - por Raquel Aiuendi

Eu disse: Td bm?
Tu disse: Td, kra
Eu disse: 9vidads?
Tu disse: Naum
Eu disse: Kraca, vlw!!!
Tu disse: Blz, fuiiiizzz!!!!
.

A Luara Lua - por Passa-Tempo

Para a Lua deixo essa letra
e deixo com a maior clareza;
Sei que as palavras são suas,
e delas reconheço a beleza;
E tudo que escrevo,
eu escrevo com firmeza;
Por isso sei que gostas do que faço,
e disso eu tenho certeza!


Resposta a “Para Passa-Tempo”, de Luara Lua.
.

Parabéns, Minha Irmã! - por Ana

Ela é forte, poderosa,
Tem uma voz muito linda
E põe medo nas pessoas
Que não a conhecem ainda.

Desde bebê é assim:
Sempre soube o que querer,
Repleta de idéias próprias,
Só assim sabe viver.

É prática, decidida,
Inteligência invejável,
Veloz em palavras, ações,
E em beleza, admirável.

Mas também tem sentimentos
Que aparecem vez em quando,
Demonstra doçura e bondade,
Com o coração transbordando.

A vida pra ela não foi
Fácil, nunca! Não foi, não!
Mas sempre fez limonada
Mesmo com meio limão.

Em meio às dificuldades
Procura, incansável, a saída,
Não lamenta, chora ou desiste:
É uma guerreira na vida.

Além disso, sempre encontra,
No campo espiritual,
O sentido dos revezes
Do seu caminho atual.

Acredita em Deus com fé,
Com quem fala em oração…
Seu chaveiro é miniBíblia,
Que está sempre em sua mão.

Ela tem duas meninas:
A Priscila e a Dandara.
Uma é livre, divertida,
A outra é séria e encara.

E ainda há a Peluda,
Cachorra branquinha e mimada,
Que também é da família,
Que como pessoa é cuidada.

Então, esta é minha irmã,
Em poucas palavras breves,
Pois não cabe biografia
Em poesia que se escreve…

Hoje faz aniversário,
Mais um ano aqui passou…
Cumprindo o seu destino,
Da forma que Deus mandou.

O que desejo, todo dia,
Desejo hoje também:
Que a vida não seja tão dura,
Que se instale algum Bem

Nos seus dias tão chuvosos…
Que o seu céu possa se abrir,
Que desçam anjos bondosos
Que façam você sorrir.

E enquanto eles não vêm,
Seja feliz como der…
Admiro a sua força,
Minha querida Ester.
.

Mãe - por Alba Vieira

Esperança lã
Que aquece corações
É amor de mãe
.

Reinaldo Ferreira: “Receita de Herói” - Citado por Penélope Charmosa

Tome-se um homem feito de nada,
Como nós,
em tamanho natural.

Embeba-se-lhe a carne,
Lentamente,
De uma certeza aguda, irracional,
Intensa como o ódio ou como a fome.

Depois, perto do fim,
Agite-se um pendão
E toque-se um clarim.

Serve-se morto.
.

Diza e Jorge, Parabéns! - por Alba Vieira

União feliz
De dois corações puros
Dispensa festa

Hoje e sempre
Amor e alegrias
Pra Jorge-Diza

Apaixonados
Embelezam o mundo
Então, parabéns!

Abraços, beijos
Carinho, admiração
Felicidades!
.

Ó, Dúvida Cruel! - por Alba Vieira

Luz fugidia:
Alma do outro mundo?
Estrela guia?
.

Sobre Mim - por Raquel Aiuendi

Poeta, artista, artesã
lúdica, alegre e sã
a vida por opção
e por falta de opção
o Amor a priori
para que tudo melhore.
Também digitadora;
da cultura e arte, produtora;
indígena
mais do que por coração:
escolha minha e de meus irmãos
de raça e identidade e expressão,
olhar e convicção.
Sou Raquel Aiuendi
Acho que você entende.
.