Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Constatação - por Dália Negra

.
Os amores são velas vãs
Adornando, apagadas, o mar.
Solidão e ferida, irmãs,
Filhas de um mesmo penar:
Aquele que resta do fim
Do que eu quis acreditar
Existir, algum dia, pra mim,
Conjugando o verbo amar.

Os amores de minha vida
Não sei se um dia existiram...
Eu tive a alma vendida
A carinhos que possuíram
Meu corpo, desejos, sonhos,
Sorrisos, ações, ardor...
Hoje, meus olhos tristonhos
Relembram... e não veem amor.
.
.

.

Nenhum comentário: