Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Amores da Minha Vida - por Leila Dohoczki

Nas manhãs que se sucedem
Primaveras vem e vão
Deixam flores nas calçadas
Galhos oferecem a floração
Assim também sou
Feito a primavera...

Nas minhas manhãs
Nem me lembro das manhãs de outono.
Sei que elas virão,
Mas não temo que roube o espaço
Ou que fique mais tempo.

Sou capaz de compreender
Que as flores nascem
No verão, no outono e no inverno
Nascem o ano inteiro...
As flores não nascem por mim
Eu é que existo por elas,
Pelas vermelhas, lilás e amarelas
Por tudo que renasce em mim
E nunca termina.

Em mim, toda manhã nascem
Flores lindas de amor
Sou uma campina florida...

Se sou primavera,
As flores mais belas, meus filhos...

Amores da minha vida!
.
.
.

Nenhum comentário: