Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 18 de janeiro de 2011

El Niño de la Calle Z - por Yuri

tudo está bem. É tão macio, tão florido...
bonito campo! todos acreditam, plena paz. Ok
mas eu não estou no céu e o chão está subindo cada vez mais
e nós temos que acreditar em alguma coisa
amortecendo meus passos, papéis sobre o chão, algo como veludo
eu senti querer voar e meus olhos cobertos de dólares
em minhas asas havia fogo e eu sentia querer chorar, mas já estava anoitecendo
e eu não teria que acreditar em alguma coisa antes de partir junto ao dia
eu podia viver como alguém livre, e eu vivo (?)
mas em qualquer momento poderiam me tirar isso, e me tiraram
mas agora me sinto melhor, eu só preciso acreditar em alguma coisa
e eu estou tentando acreditar... eu... realmente...
mal consigo olhar em seus lindos olhos
palavras um qualquer pode dizer
promessas? bem... você também pode fazer e eu tentei acreditar
mas... minhas asas estão queimadas agora
eu só preciso de um pouco d’água pra pensar
aonde o vento mal cruza, eu preciso de ar
venha paixão... venha paixão
me mostre seus segredos... como fui parar em um poço tão fundo?
agora simplesmente desejo ficar longe... não quero que ninguém me toque
e não quero tocar em ninguém
eu posso ser salvo? salvo em um lugar onde não há sentimentos
o que seria essa droga de mundo bonitinho?
eu não quero ser o último menino da rua Z
o silêncio nos mostra a verdade. E agora eu só preciso de um tempo...
comigo mesmo.
a chuva cai
mas não me molha
o vento sopra
mas não me alcança
os raios de sol caem, caem...
sobre minha pele
e tentam... tentam...
penetrar um belo sorriso em meu rosto
mas falham, falham...
quando você chega e olha em meus olhos
eu caio, caio...
e volto a ser um menino do canto da rua Z
.
.

Visitem Yuri.........................
.
.

Nenhum comentário: