Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 14 de novembro de 2010

O Nada - por Leila Dohoczki

.

.
.
Parece que sempre estive assim
Em meio ao nada e ao vazio.

Não me ocorrem dúvidas ou medos
Há até um certo desprezo pelo fato
Pelo ato de existir e mais nada.
Como a escuridão,
Sou toda ausência.

Há muito já não me encontro.
E tão tranquila estou,
Tão conformada com minha penitência,
Que fecho os olhos e mergulho
No mais profundo escuro que há em mim e adormeço...
.
.
..............................................Visitem Leila Dohoczki
.

Um comentário:

Ana disse...

Leila:
O que você escreve é de muita sensibilidade, mesmo quando é infantil. Tema adulto, então...
Parabéns!
Beijo.