Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 31 de janeiro de 2010

Fronteiras da Alma - por Adriana Nunes e Nan

.
.
Foto: R. Conther
.
.
.
Fronteiras... É difícil cruzar fronteiras?
Demorada, árdua e temível travessia?
Fronteiras íntimas... Fronteiras do autodescobrimento...
Prisões sem paredes... Escalas da alma... Ilha do Individualismo...
Essas, se não são as mais difíceis, são da mais gratificantes de serem alcançadas...
Buscar valores soterrados no seu íntimo. Encontrar-se com a vida. Agigantar-se e humanizar-se... Olhar o mundo não mais com lâminas baças de vidro que distorcem a realidade...
Todo ser humano precisa cessar a correria alucinada para lugar nenhum, minimizar a saudade, preencher a solidão, acalmar a ansiedade, evitar a dor...
Identificar as necessidades da sua realidade emocional, das aspirações legítimas, as reações diante das ocorrências do meio...
A busca de si mesmo, para a liberação de conflitos, amadurecimento psicológico, afirmação da personalidade, resulta de uma consciente disposição para meditar...
Livre, que se domina e se conquista, esse sim é o ser que se ultrapassa...
O homem é pássaro cativo fadado a grandes vôos e só terá paz interior quando transpuser suas fronteiras íntimas, quando deslocar para o passado seu estado atual de vazio...
Ter ouvidos para ouvir os discursos da alma. Registrar a melodia dos próprios ritmos interiores...
Fronteiras... O amanhã será muito melhor... Usar a simplicidade do coração... Tudo o que acontece com nossos corações tem fundamentos, por isso olhe pra dentro de você e acredite que você pode e vai conseguir... Somos apenas um espaço que a vida ocupa... Responsabilidade com o meio...
Entre o certo e o errado existe o necessário...
Somos únicos e especiais, nunca tente entrar numa forma... Vai faltar ou sobrar espaço...
.
.
.
Visitem Adriana Nunes
.

Nenhum comentário: