Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 10 de outubro de 2010

(Sem Título) - (Anônimo)

Da menina que me recordo,
trazia consigo imaginação
hoje de repente acordo:
- Não deveria existir não.

Nunca foi menina doce
tampouco meiga ela foi
desejava que na vida fosse
o carro na frente do boi

que vida à menina coube?
Ou que foi que esta lhe fez?
Agarrar-se à sorte não soube
porque abandonou sensatez.

Cismou que na vida valia
mais que tudo suas ideias
quis formar uma família
ignorando as alcatéias

foi então que aí viu
o que nunca enxergava
tanto lobo, e não fugiu
estava toda amarrada

era ela objeto da caça
pra fome da covardia
seu sorriso já sem graça
mas a coragem persistia

faltava-lhe era apetite
de tanta fome que havia
mas alguém teve o palpite
que um anjo lhe serviria

servido foi o desjejum
e veio por outra menina.
- Não permitirei de modo algum
que escravizem a pequenina!

Caíram no escuro sombrio
e de repente apareceu então
quando a vida lhes deu frio,
estendida de outro anjo a mão

esse outro veio com par
e construíram solução
pras meninas que sem lar
já não tinham mais visão

não viam a luz do dia
não sentiam mais sabor
perguntavam: e a família?
Suas almas eram só dor.

O par de anjos as via
com olho bem protetor
ensinou-as que há família
onde o que existe é amor.

E é para esses bons anjos
que as meninas olham agora
pensam: como, por tantos anos
vimos a vida jogada fora?

E elas começaram a lutar
contra o que não sabem ainda
já não vão mais se sabotar
nascem agora as meninas!

E o que aquela começou
agora com prece termina
pros anjos que deus enviou
pede muita paz a menina.

Obrigada ao anjo A!
Mais ainda, anjo ABC!
E a ti, outra menina,
meu pequeno anjo D!

Assim formo meu alfabeto
meu fraterno vocabulário
e falo hoje de peito aberto:
o capeta agora é o otário!
.

Um comentário:

Anônimo disse...

como é boa a minha vida
eu amo o meu amor
que se chama ester
um anjinho tão lindo
que o Deus me enviou
como é boa minha família
eu adoro brincar
com minha mãe a amparar
angel d