Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 23 de julho de 2013

Sorrateira - por Ana Lucia Timotheo da Costa

Ajeitou a cadeira
como a esperar
um convidado de honra.
Como estava precisando!
Dias se passaram
mas ela não arrefeceu.
Tinha a intuição de que
era questão de tempo.
Começou a modificar-se.
O primeiro passo
foi consentir-se
abrir as portas
da esperança.
Um dia, quando menos esperava,
lá estava ela – clara, concreta,
palpável, ao alcance da mão.
Emocionou-se.
Aos poucos foi se entregando
e agradecendo.
Sabia que a sorte
chegara para coroar a sua vida
trazendo mudanças.
Há tempo certo para tudo.
Importante é nunca deixar de sonhar…


.

2 comentários:

uai, mundo? disse...

Diz na filosofia(e eu concordo) que "sonhos, esperança e sorrisos não podem deixar de fazer parte da sustentação da nossa caminhada na vida." Muito bom! Paz e bem.

Ana disse...

Ana Lucia:
Concordo com o Cacá: muito linda sua poesia!
Parabéns!
E cadê você? Tá sumida...
Beijo.