Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Ele Corta e Ela Lê - por Ana

Gio, querido Gio,
Hoje é dia de festa:
Vamos fazer piquenique!
Nada de rima indigesta!

Entoarei alguns mantras,
Todos inteligíveis,
Pra poder te consolar
Destes maus-tratos terríveis.

Você vai ganhar um doce,
Mais que isso, lhe direi,
Pois acertou a charada,
Majestoso sapo-rei.

Como não sou prepotente
E não preciso de clemência,
Alegremente sento aqui,
Ao lado de Vossa Sapiência.

Se começar a chover,
Vamos ao Litercafé.
Mas se for chuva de versos,
Eu sigo com a maré;

Se enchente de palavras,
Muitas ideias eu pesco;
Se tsunami de estrofes,
Eu me esbaldo, me refresco.

Mas venha, acalme seu cérebro,
Aflição agora... pra quê?
Veja quantas margaridas
E amoras pra você!

Trouxe suco de caqui
Da torre da fortaleza.
Lugar onde sou feliz,
Só há vitória e beleza!

Também trouxe chá com bolo,
Uma torta de morango
Que deixo você cortar
Depois de comer o Fandangos.

Pra completar nosso lanche,
Em homenagem ao embate,
Também trouxe pra você
Uma mousse de abacate.

E enquanto você se farta
Com este divino farnel,
Vou te ler umas poesias
Da Samurai-menestrel.



Resposta a Ela Roga, E Agora Lê, de Gio.
Esta poesia é o prêmio oferecido a Gio pela resolução da charada em Monge que Ataca, Acata Samurai, de Ana.
.
.

4 comentários:

S.Ribeiro disse...

Esse duelo promete! Pena que não poderei ver pois a este horario estou na faculdade! UM BEIJO E BOA SORTE MEEEEEEEEEEEEEESMO!

_Gio_ disse...

Minha parte do banquete chega amanhã =)

Ana disse...

Poxa, Sibilino... Que pena...
E obrigada por torcer pra mim!
Meu amigão!
Beijão! :D

Ana disse...

Oba, que comilança!
Banquete é bom e todo mundo gosta!
Beijos!
:)