Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Bruna Lombardi, “Que Me Venha Esse Homem” - por Penélope Charmosa

Que me venha esse homem
depois de alguma chuva
que me prenda de tarde
em sua teia de veludo
que me fira com os olhos
e me penetre em tudo.

Que me venha esse homem
de músculos exatos
com um desejo agreste
com um cheiro de mato
que me prenda de noite
em sua rede de braços
que me perca em seus fios
de algas e sargaços.

Que me venha com força
com gosto de desbravar
que me faça de mata
pra percorrer devagar
que me faça de rio
pra se deixar naufragar.

Que me salve esse homem
com sua febre de fogo
que me prenda no espaço
de seu passo mais louco
Que me venha esse homem
Que me arranque do sono
Que me machuque um pouco.
.
.
.

.
.

4 comentários:

Poty disse...

Nada

Não dou nada
Não faço nada
Nada não faço
Não faz nada

Ando no nada,
Ando sem nada...
No nada eu fico

Nado no nada...
Nada nadando
Fico nadando

Fico sem nada
Não quero nada

O nada não é solução...
Nada é o vácuo sem animação.

Eu não tenho nada,
Mas o nada está em mim...

O nada toma conta de mim
De mim ele toma conta e me decepciona...

Vislumbro o nada no horizonte
Poty – 09/08/2009

Dan disse...

Oi Lindos,

Tem um selo para vocês no meu blog.


Abraços

Ana disse...

Penélope:
Linda, lindíssima!!!
E esse cara aí é O CARA!!!! Quéisso!!!!! Nem sei se ouço a música ou fico olhando pra esse anjo, esse elfo, esse deus da beleza...
UAU!!!
Jesus, me abana! rsrsrs
Beijos, Penélope!

Ana disse...

Voltei só pra dizer que me ocorreu uma coisa:
Ninguém, acho que o nerd baixinho, gorducho, careca e de óculos fundo de garrafa usou fotos deste cara lá no blog dele. Tu reparou que a foto do cabeçalho é parcial? Pois é... Honestidade, heim?!!! Tá bom...