Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 4 de novembro de 2012

Antonio Cícero: “Deus Ex Machina” - Enviado por Penélope Charmosa


 
 

Farei ainda mais um decassílabo
e mais um soneto e ainda por cima
invocarei, só por questão de rima,
figuras mitológicas, feito Ícaro,

 
cativo do labirinto que Dédalo,
seu pai, artífice também das asas
que brindariam ao filho, bipétalo,
seu mergulho no azul, arquitectou.

 
Dédalo explicou a precariedade
do artefacto de papel e casqueira,
geometria mística e goma-arábica

 
solúveis ao sol. Mas agora é tarde
e rasga a geringonça o céu à beira
do nada
               seu destino
                                  sua dádiva


In “A Cidade e os Livros”, p. 35.                                            
 
 

Nenhum comentário: