Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 13 de fevereiro de 2011

Urgência - por Paulo Chinelate


Quem mora ou já esteve em São Paulo sabe muito bem o significado exato da palavra “URGÊNCIA”. O corre-corre diário em que os paulistas se envolvem não se permitindo sentir a existência de uns e outros pelos quais cruzam nas calçadas, shoppings, bancos, supermercados, metrôs, avenidas, ruas ou estradas, enfim por onde trafegam.
Na realidade, o emergencial toma conta de suas vidas, no entanto, sem justificativas. Pura solidão, embora no meio das multidões. Egoístas, talvez, impulsionados pelos seus próprios interesses. O paulista aqui foi tomado como exemplo. Somos todos parecidos.
Situações há, naturalmente, quando existe risco de se perder vidas, em que necessário se faz tomar atitudes rápidas… mas com isso colocar em risco outras vidas, vai lá grande distância.
Voltando ontem, terça-feira de carnaval, de uma praia em Fortaleza, a fila na estrada estava longa. Muitos, porém, apressados com suas “urgências” pessoais, entravam perigosamente na contra-mão, furando filas e colocando-se e aos outros em perigo.
No entanto podemos qualificar a palavra “URGÊNCIA” do anedotário que diz: “Um minuto tem o seu valor de precedência dependendo em que lado da porta do banheiro você se encontra”.
.
.
.

Nenhum comentário: