Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 25 de agosto de 2009

Jaula para a Fera, Gaiola para a Presa - por Gio

Ana, por favor, peço: um pouquinho
Tu, agora, vais ter que esperar
Acabou o meu tão útil bloquinho
E agora, como vou te desenhar?

Novamente tu entendes tudo errado
Nas palavras desse seguidor de Ghandi
Talvez agora esteja explicado
Porque o duelo aqui tanto desande

Ou, talvez, entenda como convir
Adultera para poder responder:
Se o cara diz, na frase, “pode vir”
Logo entendes “Tô pensando em correr!”

Não chamei tuas respostas de fracas
Só apontei - não fazem sentido algum
Pare de fazer pirraça, maritaca
Sabes que só reclamei do dois-a-um

E foi esse o meu ponto de discóridia
Apelares, sempre em caso de medo
Esgotou o tempo e a misericórdia
Resta a paciência, esse é o segredo

Paciência para lutar contra alguém
Que ao levar, se esconde atrás da dinda
Desaforos, descarrega mais de cem
Depois corre, esperando um “Criança linda!”

Vejo, o teu dom mesmo é pra piada
Do Duelo deves desistir, guria
Antes que o negócio vire palhaçada
Retome a função de “Doutora Alegria”

Mas, se caso optares por ficar
E chamares mais reforços, venha então
Só depois, não te botes a chorar
Quando estiver estirada no chão.



Resposta a Jaula pro Mongim..., de Ana.
Referência a Fantasia, de Ana.
.
.
.
Visitem Gio
.
.

2 comentários:

Ana disse...

Tá pra nascer a criatura que vai me trancar numa gaiola ou jaula ou similares!
Sacou?

_Gio_ disse...

Então é melhor nem tentar me trancar...