Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sábado, 18 de julho de 2009

A César o Que é de César - por Ana

Oba! Você me atendeu,
Minha querida Escrevinha!
Sabe? Eu não tinha dúvida:
Eu sabia que tu vinha

Me socorrer no momento
De tão terrível ameaça.
Com advogada do lado,
Eu duvido que ele faça

Aquilo que prometeu:
Me dar tapa nas orêia.
Eu tava com medo mesmo,
A coisa aqui tava feia!...

Sim, confio nim tu
E concordo com a solução
Que você me apresentou,
Repleta de decisão:

Nada de pratos gostosos
Pro tal Gio degustar,
E não se preocupa, Escrevinha,
Deixa que eu vou cozinhar.

Eu garanto que a vingança
Não poderia ser pior,
Em termos de culinária,
Sou um traste de dar dó.


Mas agora me ocorreu:
Ele me deu um quindim
Tão gostoso e enfeitado...
Como posso ser ruim

Com menino tão bonzinho,
Tão cuidadoso e legal?
Me fez passar maus bocados
Com a ameaça fatal,

É certo, eu reconheço,
Mas eu devo admitir
Que não esqueci o presente
(Isto não posso omitir).

Assim sendo, eu reflito,
Guardo este ás na manga,
Sabendo que tenho amiga
Pra auxiliar na vingança,

Caso seja necessário
Um dia, neste Duelos,
Dar lição no tal gaúcho.
Aí, então, me rebelo.

Por enquanto penso assim:
Toda moeda, dois lados
(Como já mostrei os meus
Em outros textos postados,

Inclusive pra você,
Minha grande protetora:
Uma face agradecida
E outra devastadora.).

Então não seria certo
Ter, por aqui, de repente,
Dois pesos e duas medidas...
Eu ia ficar doente

Por cometer injustiça,
Apesar do tapa nas orelhas.
E eu te agradeço, Escrevinha,
Com um buquê de rosas vermelhas.



Resposta a Desagravo, de Escrevinhadora.
Referências: Comentário de Gio em Escrevinhadoce, de Ana;
Duo-acróstico pra Ana, de Gio;
Doce para Todos, de Escrevinhadora;
Livre, Intrigada e Vingada, de Ana.
.
.

2 comentários:

escrevinhadora disse...

Recebo as flores, agradeço
mas não sei ao certo se mereço
nada fiz nada demais, eu acho
só ameaças, esperneio
porém no meio de uma briga
sair defendendo uma amiga
é coisa que sempre faço.
Por outro lado o Gio
mostrou que é gaucho macho
e não tem medo de aperreiro
diante de mulheres furiosas
só baixou o tom da prosa
mas continuou decidido
retirou o tapa no ouvido
mas manteve a reprimenda
e disse alto e bom som
que se você não se emenda
mas vai levar puxão de "oreia".

Ana disse...

Merece, Escrevinha, merece!
ELA MERECE!!! ELA MERECE!!! ELA MERECE!!! ELA MERECE!!!
Beijo!