Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Tema do Mês de Janeiro: Renascimento

.
.
Caríssimos amigos:
.
.
Hoje foram postados os textos referentes ao tema do mês de janeiro: “Renascimento”.
.
.
.
Participantes:
.
.
Aaron Caronte Badiz
.
.
.
.
Dália Negra
.
.
.
.
.
Penélope Charmosa
.
.
.
.
.
.
Muito obrigado a todos que colaboraram com esta “blogagem coletiva”!
.
.
Um grande abraço!
.
.

26 comentários:

Késia Mara disse...

Levantar-se. Erguer-se. Voltar a vida. "Ano novo, vida nova", se duvidar já virou clichê. Para quem tem vocação de planejar, assim o faz. Mil planos, todos traçados para chegar a algo. Muitos preferem e se apegam ao antigo, ao velho. Aí fazem aquela listinha com o básico: "Nesse ano vou emagrecer, vou fazer mais exercícios, vou trabalhar menos e viver mais e assim eu vou como sempre". Outros optam por tentar novamente, como se o novo ano fosse dententor de todas as realizações: "Nesse ano, vou comprar minha casa, meu carro, vou guardar dinheiro para uma viagem, vou ser mais feliz". Não julgo os que escolhem o óbvio, o de sempre. Muito menos julgo os que acreditam nas coisas em que podem conseguir em um ano novo. Admito que tenho um pouco dos dois tipos. Ressucitar sonhos, desejos, vontades lá do fundo da alma. Objetivo. Somos escritores de nossa própria história, mesmo que tenhamos um mero grão de mostarda como "fé", diz um livro sagrado que montanhas se movem. Querer. Quando o temos, vem do fundo da alma. Deve estar bem lá no fundo. Esforço. Enfim de volta a vida.

Cacá - José Cláudio disse...

Olá, Shintoni! Pode me confirmar aí para o tema. Abração. Paz e bem.

O cozinheiro solitário disse...

Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
Cumprimentos a todos!

http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

Por mim mesmo disse...

Das Entranhas

É a pura concentração do que se quer
É o mágico colorir da manhã
A Bela e a Fera
A barriga a gestar e o fruto que perpetua
Da ideia ao invento
Banho pós dia de trabalho
Do emprego novo
O riso da criança que chorava
A fé que perpetua sua conclusão
Filho que chega as quatro da manhã
Dente extraído pós dor
Copo d'água após a corrida
A bandeirada sem carros à frente
O beijo depois do sim do altar
Renascentismo
A invenção da roda
Miauuu!!!

Por mim mesmo disse...

Renascido

Como que ao me descobrir em um novo caminho
Atirando-me sem pressa de chegar e plena convicção do objectivo
Sem lágrimas por chorar em arrependimentos
Sem o insólito vazio que minh'alma planjia
Totalitário em bom senso
Sem o sentir do que outrora sufocava
Versos e reverso
Sem pré-supostos
Apenas sendo
Vivendo
Sentindo
Suavemente palco de contemplar
Simples de se compreender
Sigam-me!
Sintam-se à vontade!

Por mim mesmo disse...

Então... Haja !!!

Como se naquele momento, pudesse dizer:
Haja vida!
Como se minhas mãos, suavemente pudessem tocar seu coração
E suavemente pudessem, recriar todos os sentimentos que lhe incomodam
Pudessem convertê-los
Pudesse tornar cada momento o mais pleno
Cada lágrima de adeus
em dez mil de felicidade
Que a saudade, palavra única em nosso idioma, fosse pruri
E pudesse transpassar endurecidos corações inter-continentais
Tornando-os saudosos de seus semelhantes
Havidos por abraços
Entalhando em corações maleáveis...
Uma nova forma de amar
Um novo querer ser mais
Um novo querer ter mais
Um novo e tão necessário germinar

Anônimo disse...

El niño de la calle Z

tudo esta bem. é tão macio, tão florido
bonito campo! todos acreditam, plena paz. ok
mas eu não estou no céu e o shão esta subindo cada vez mais
e nos temos que acreditar em alguma coisa
amortecendo meus pasos, papeis sobre o shão, algo como veludo
eu senti querer voar e em meus olhos cobertos de dollares
em minhas asas havia fogo e eu sentia querer chorar, mas já estava anoitecendo
e eu não teria que acreditar em alguma coisa antes de partir junto ao dia
eu podia viver como alguem livre, e eu vivo (?)
mas em qualquer momento poderiam me tirar isso, e me tiraram
mas agora me sinto melhor, eu só preciso acreditar em alguma coisa
e eu estou tentando acreditar.. eu.. realmente..
mal consigo olhar em seus lindos olhos
palavras um qualquer pode dizer
promessas? bem.. você tambem pode fazer e eu tentei acreditar
mas.. minhas asas estão queimadas agora
eu só preciso de um pouco d'agua pra pensar
aonde o vento mal cruza, eu preciso de ar
venha paixão.. venha paixão
me mostre seus segredos? como fui parar em um poço tão fundo?
agora simplesmente desejo ficar longe.. não quero que ninguem me toque, e
não quero tocar em ninguem
eu posso ser salvo? salvo em um lugar aonde não há sentimentos
do que seria essa droga de mundo bunitinho?
eu não quero ser o ultimo menino da rua Z
o silencio nos mostra a verdade. e agora eu só preciso de um tempo..
comigo mesmo.

a chuva cai
mas não me molha
o vento sopra
mas não me alcança
os raios de sol caem, caem..
sobre minha pele
e tentam.. tentam..
penetrar um bele sorriso em meu rosto
mas falham, falham..
quando você chega, e olha em meus olhos
eu caio, caio..
e volto a ser um menino do canto da rua Z

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Sobre você


Talvez eu fique mais forte ao penetrar um novo raio de sol sobre minha pele.
quando ninguem mais mentir para mim, ninguem mais vai estar aqui para poder me abraçar
quando aqueles não pretenderem mais me ter em suas mãos
a vida hojê é feita de trocas. então nada estará feito
quando o equilibrio do recíproco parar de funcionar, todos se explodirão
eu sinto muito que tudo esteje girando agora
mas quando eu me jogo em minha cama, tentando me acalmar
eu costumo contar até dez.
e você costuma ser o numero um
porque eu sei que quando o mundo estiver se quebrando em volta, você estará
me protegendo de todos os males.
nesta hora, do seu lado, eu me sentirei mais forte
e não precisarei passar do numero um.
não penso jamais em me quebrar em pedaços agora, porque.. porque..
é assim que eu me sinto sobre você
eu só acho que todos nós devemos agarrar uma chance boa, quando ela vem
porque penso que é na hora certa
pessoas querem momentos felizes.
quando eu ouço falando sobre.. me vem logo você na cabeça
Inacreditavel!
no tempo certo, eu estava caido o suficiente para você me levantar
com um sorriso.. foi recíproco!
porque tudo pode mudar, os pixels podem se apagar.
mas as folhas que caem jamais voltam para o galho daonde cairam
logo; eu não passarei do numero um
porque no internavo quando saimos todos ficam pulando e pensando em farra
enquanto eu apenas espero você chegar
é mas ou menos assim que eu me sinto sobre você
vejo você virando a esquina, olhos brilhantes
cabelos ao vento, sorriso no rosto
você trás com você um presente
seu coração!
eu sei que não tem nada de errado, nen esta tudo tão certo
pos a perfeição não existe
mas os ponteiros da tristeza adolecente não descem mais
simplesmente porque se trata do numero um e eu não conseguiria continuar
se não tivesse você por perto agora
porque é assim que eu me sinto sobre você agora.

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Olhando para você

eu olho para fora
sobre os olhos da janela ventando agora
eu tento enchergar seu reflexo dando um intervalo para que meu coração
possa se quebrar perfeitamente
cansado de tentar mesclar as partes com minhas lagrimas
neste mês eu juro que não sairei da cidade
só para lembrar do seu ultimo olhar sobre mim
só para ter suas mãos nas minhas
porque eu estou pagando pra ver
o meu proprio falecimento
bem lento.
por mais que eu esteja mofando de tão cansado que eu estou
deste lugar
eu não consigo deixar esse amor morrer
no fundo e no fundo eu só quero que fique tudo bem
palavras podem quebrar
quebrar o intervalo do seu silencio, ou de um qualquer
e pessoas podem dizer
dizer coisas que valem mais que suas proprias vidas
entao eu disse: neste final de semana eu resolverei tudo! prometo à mim mesmo.
te ligarei e irei dizer tudo, tudo, tudo e mais um pouco disso e aquilo
te direi um pouco de como me sinto neste momento
te direi que vejo os ponteiros descendo e subindo no mesmo segundo
te direi que o que tem aqui dentro não falha, não é mentira
porque é o sincero mais puro verdadeiro amor
e eu só quero que fique tudo bem.

______________________________-

eu não quero ficar com meu suéter e meu charuto à sos
esperando aquele seu ultimo olhar voltar
eu quero poder te tocar de novo
me guardar ai dentro
não se vá
ou vá e me deixe mofar aqui sozinho..

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Apenas em meu coração

o tempo deu uma suposição
ele disse que ama quando dá 17hrs em ponto.
e você chega do trabalho e diz: olá querido!
nos olhamos nos olhos, espelhos da alma!
um choque de luz, aonde possamos enchergar toda nossa verdade interior
aonde tudo pode se curar ou se estragar em uma questão de segundos
esta noite pretendo fazer como uma das melhores
feche a janela daquela maneira que só você sabe
ascendo as velas da paz, sem medo do preto
mova seus labios, só você sabe como
estando juntos aqui eu sei que nada me faria chorar
eu sinto que ainda não é a hora de você ir
esta apenas começando..
feche os olhos pos esta noite será uma das melhores que você já teve
ele gritou meu ultimo nome, e disse que me ama
nos imploramos para ficarmos por mais um ano
desde o momento que deus escolheu ele para mim, ele se tornou
alguem muito mais do que qualquer coisa e alguem
ele provou que o amor existe entre duas pessoas
provou com sua alma digna de escencia
cheia de sabedoria
como a minha
você, você
esta... only in my heart

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Doce ser

Hojê eu matei aula para pensar em você
amanha eu posso matar alguem apenas para te ter.
e assim queima queima queima sobre minha propria pele
que vai se desfazendo ao lindo por do sol
enquanto você vive e vive
sobre essas cavernas sombrias e frias
tentando se afundar cada vez mais
somente para tentar ouvir o ruido de minha doce voz

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Breakfast and lunch
esperava você chegar mais perto, te ver mais de perto
ter você em meu redor e te saborear como um chá
na lista dos sem rumo, eu fui parar
eu ainda espero seu sinal de fogo, ser jogado por um beijo
se você chegar mais de perto, você vai poder ver e me dizer
se é para baixo ou para cima, se é mentira ou verdade
se é perigoso ou apenas escuro
você vai me dizer?
o que vai acontecer eu não sei
só sei que ainda ouço aquela música
e quando chego perto de você as palavras se escondem de mim
as simples palavras que eu tinha em mente, sim eu tinha. elas simplesmente explodiram
pare de chegar perto de mim de mãos dadas com aquele cara
você me faz querer voar, querer ficar longe
essa mentira toda me diz que é escuridão
e essa escuridão me pergunta; porque eu não posso me salvar agora?
e sair daqui? e eu digo que doi tanto
mesmo eu sabendo que não sou um perdedor
e nen um sozinho no mundo
as feridas gritam, brilham sobre o sol
elas tem vida
mas a minha é mais importante.
e você me dar forças para voar com toda essa mentira
mesmo que minhas asas chegam a desvanecer
eu posso correr!

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Play Guitar
E eu quero que a arte toque meu corpo como se eu fosse uma guitarra, agora!
eu quero ser uma inspiração, quero te-la!
quero que passa por todas minhas veias, assim, me tornando algo exótico
eu preciso sair
ver o mundo
ver coisas
ver pessoas
me divertir
fazer algo louco
algo mais educado que o normal
preciso olhar nos olhos de alguem que eu não conheça
eu quero explodir na cidade! remexer os predios!
quero fazer parte das cores quentes que o rio tem
as cores de todas essas pichações que existem por ai
e depois disso, talvez eu possa voltar pro meu mundo normal

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

I got my own wings
"Quando eu era criança, eu falava como uma criança, agia como uma criança e entendia como uma criança
mas quando me tornei homen deixei de ser criança."


Sinto minhas lagrimas descerem sobre meu rosto quente
vovó dizia que o melhor lugar para se chorar é em nossa
propria cama pos é lugar quente
e eu me perguntava: Por que não conversar sobre tudo isso?
o porque? se..
eu só queria ter alguem que não fizesse minha parceira se
sentir tão só nesta luta.
mas eu não tive. e ela não teve, realmente ela não teve. foram apenas lençóis falsos, lençóis manchados da fumassa que saia da lareira quente
eu me sentia bem, mas não o suficiente
você acorda em um belo dia e percebe que aquilo não vai melhorar
não vai sair dali, logo então se acostuma com o dilema, mas sabendo
que pode fazer diferente.
então me perguntava quando pequeno: Por que respirar? pra que continuar vivendo? e meu avô respondia: Yuri você ainda não viu nada sobre o que é a vida.
quando eu sentia meu mundo caindo eu ia no faro do seu cheiro porque lá eu podia encontrar abrigo, colo.
mas sobre a parte que eu nunca tive, eu percebi que se não dependesse de mim
eu não teria algo bom para se recordar, eu poderia fazer diferente.
ele não sabe de nada, ele não sabe nada sobre mim
ele não sabe sobre meu potencial, sobre o que eu realmente posso ser, melhor!
não pior.
eu não preciso de nada que ele tenha.
eu tenho minhas proprias asas!


"na vida o que importa é amar, e em troca amado ser".

meu coração bate graças a o amor que há
se eu chutasse isso por coisas banais, por que viver nesta terra?

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Lobo em lua cheia


Eu piso agora aonde seus pés já pisaram um dia
me beijam agora, labios não tão parecidos com os teus
eu sinto falta dos seus.
eu sinto como uma pontada meio fria, uma nostalgia.
é como um tiro lento.
essa saudade que tanto doi. e nunca passa
minha cabeça fica meio quente, palavras alheias
à tornam mais confusa do que já é.
eu grito que não o fiz de coração. eu juro.
mas meus sentidos querem me matar agora.
querem acabar com qualquer tipo de vida quente que eu tenha
e eu realmente quero ser morto por todos eles.
em uma rua chamada "Bençao" você acabou com minha vida.
dê dois passos para frente?! dobre a direita e depois siga em frente
e pegue em minhas mãos. eu quero que você sinta minhas veias baterem
olhe como elas batem forte, por você. tudo por você.
agora me abraçe e sinta meu corpo quente. quente como o fogo.
ele queima. mas não te toca, por isso você não sente.
olha como meu sangue ferve e parece pular sobre minhas veias, olha
a maneira que ele evapora? parece que isso me exita mais? te exita mais?
sinta as batidas do meu coração, sim. elas são apelativas. mas me parecem
as melhoras que já senti.
olha como eu estou morrendo aos poucos e caindo aos poucos.
talvez você veja, mas você não pode sentir isso
porque esta em mim e não em você.
olha como eu me sinto novo e estou me acabando
sempre tentando melhorar nós dois a cada dia que passa
e eu não pareço querer acabar com isso.
mas olha como minhas pernas estão magras e olhe o balanço delas
elas podem cair a qualquer momento.
os ossos podem cair sobre nós. e talvez morreremos soterrados, eu
e você embaixo deles.
eu me sinto tão novo. eu me sinto na verdade, eu me sinto dormindo em um poço,
eu não posso ver nada. mas me parece que esta tudo bem. isso foi a coisa mais forte
que eu já senti em toda minha vida.
desde aquele momento em que vi seu rosto cruzando, olhando e se aproximando do meu.
alguem apertou o Play, o botão que deu inicio a todo esse jogo de mau gosto.
e eu queria poder matar quem fez isso, ou poder parar com esse jogo
antes que minhas pernas caiam sobre mim.
esse foi o melhor de mim. tudo em uma noite de sono.
eu só quero quebrar as promessas. para que todos possam me ouvir
e alguem possa me salvar. quero sair dessa casca que me envolve
esta tao dura. quero quebrar o "Para Sempre" simplesmente porque ele
nunca existiu.
em um passado perfeito aquilo foi lindo.
mas você me tocou e isso tornou tudo mais dificil. eu passei a tomar mais café
para ficar acordado pensando em você
em como seria se eu..
não dormisse e ficasse acordado só pra pensar em nós dois. em como seria..
agora me dê mais café? eu preciso de mais de uma noite para acabar com isso tudo. mas de dois dias.
eu preciso que isso se torne a poir coisa. antes do lobo ficar faminto e começar a latir sobre a lua cheia.

eu preciso que isso se torne a melhor coisa antes que eu seja mordido pelo lobo, O comedor de paixões. de corações talvez. eu preciso.. talvez de segundos ou horas de paz.

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Quebrando tatos por olfatos

5 pontos para direita e as vezes 2 para a esquerda. é isso que eu faço de melhor.
tomando um gole de um copo que contem sua ultima gota de sangue.
eu me sentia guardado. talvez gongelado de mais, dentro de você.
3 pontos por sua existencia. para a direita. e 5 pontos por ela ter vingado
é isso que você parece. meias palavras. um album incompleto. aqule quebra cabeça
faltando peças..
agora meus fios de DNA se fundem com o mais acido suor. doi. mas eu ainda
consigo correr. eu sei de onde eu vim. nao fale para eu voltar. porque
eu não me perdi. Eu sei da onde eu vim e conserteza não foi só de sua cabeça.
eu sei que você criou um novo eu. mas esse não é real. esse não pode respirar.
esse é um modelo só seu de sua propria imaginação. não tente me acorrentar
em seu coração. correntes sujas de sangue velho. você não é um homen novo
quando se prova e gosta, sempre o fará. e eu não quero estar em volta
quando acontecer novamente.

Postado por Yuri Silva

Yuri Silva disse...

Fortes pétalas tambem caem


Eu posso ir para o caminho esquerdo, que é aonde você não se encontra
eu posso mesmo me sentir sozinho, quando estou rodeado por todos os meus amigos
porque me falta algo, me falta você
você se lembra da nossa primeira vez? e da segunda? terceira.. não foram muitas.
eu te dei meu cordão da sorte pra você ver que eu voltaria e para você ficar protegido
enquanto eu estivesse fora. e quando eu chego de fininho, esta lá você beijando o cordão e pensando..
pensando.. eu fico parado olhando você pensar.. pensar.. pensar em mim. nos beijamos loucamente.
nos damos as maos e mostramos pro mundo o que são duas pessoas felizes e com amor.
você segurou meu rosto, olhou dentro dos meus olhos.. e eu pude sentir em meu coração
que você estava dizendo a verdade.. você vai voltar.. você vai voltar e ficar.
labios doces como o mel, em uma medida equilibrada de sal e açucar
você esta me enlouquecendo.. minha pele esquenta e esfria.. eu não consigo sair do meu quarto
e parar de pensar como seria se você estivesse do meu lado.. mas você nao esta
eu te tinha dentro de meus braços, você sempre estava em minha volta e eu tinha a duvida
de quando você fosse se isso me tornaria mais forte ou me faria cair mais rapido
as coisas acontecem rapido.. mas eu queria que você me tocasse o mais lento possivel
tornaria tudo diferente, eu nunca quero deixar você ir. seu sorriso me encanta e eu sinto tanto
sua falta, você mora em meus sonhos, dizendo a cada dia que esta mais perto de voltar
você deve estar em um lugar melhor. com uma cor diferente, alguem te prendeu? você nunca chega.
você não pode sentir o que eu sinto e deve ser por isso que não esta aqui.
se sentisse aposto que você viria correndo, não é? me diga que viria? hen?
se isso for um final. eu não quero que seja assim. é como conhecer o melhor do céu falar
que ele é só seu. e depois tirarem seu céu, seu chão, aquele equilibrio.
o que era só seu por nada, por você mesmo. no final esta você em si mesmo. perdendo a memoria..
ele perdeu a memoria.
eu só queria poder dar um sorriso feliz assim.. normal. simples. sem pensar que no inverno
você poderia me aquecer e no verão me secar com seus labios.
flores que cantam junto com os pasos da vida, você esta ficando para tras
eu em nenhum momento corri ou quis isso. mas todos nos sabemos que podemos voar. voar longe
e nesse momento eu tive a certeza: você esta perdendo.. perdendo.. toda sua memoria e sabedoria.

Postado por Yuri Silva

Alessandro Santos disse...

Shintoni, depois de algum tempo sem postagem alguma resolvi reabrir o Meus Textos e ví o tema de Janeiro aqui do Duelos e vai o meu texto logo abaixo, espero que goste:

Renasço

Eu renasço nas gotas da chuva,
Me apresento à luz do luar,
Vivo no mundo das nuvens.
Acordo ao som da cigarra
Sonho nos braços do vento
Vivo!

E surpreendo-me ao sorrir de uma criança.
Renasço pela humanidade,
E por alguns gestos por ela feitos,
Renasço quando alguém respeita o outro,
Quando da guerra trazem a paz,
Quando do ódio nasce o amor.

Quando das lágrimas vêm o sorriso,
Quando das lamentações vêm as forças,
Quando do sofrer vem a esperança.

Renasço todos os dias
Nos corações de quem semeia o bem.
Por isto, e só por isto,
Sou imortal.


Espero que tenha gostado e dÊ uma passada em meu blog que tem um selinho lá pra você, um abraço

Vera Celms disse...

RENASCIMENTO

Renascer, reviver, reconstruir
Começar do zero,
Missão que parece impossível,
Difícil, inexplicável,
Quando tudo o que temos rui,
Quando aqueles a nossa volta nos apedrejam,
Nos deixam,
Quando, literalmente, a casa cai,
E precisamos juntar os pedaços,
Dos escombros, fazer a base
para uma plataforma segura,
Cimento por cima, concreto,
Piso firme...
As pedras, juntadas poderão até fazer um castelo,
Os cacos, na reconstrução,
emendados, viram inteiros,
decorativos ou basais,
mosaicos ou reciclados,
Peça por peça, se monta o “quebra-cabeça”,
Lembrança a lembrança, se faz uma história,
Momento a momento se faz uma vida,
Pessoa a pessoa, fazemos relacionamentos,
Famílias, bairros, cidades, países, planetas
Ainda que a chuva leve,
Ou que a guerra destrua,
Os que os vulcões ou tremores encubram,
De lavas, entulhos ou poeira,
O material rui, acaba, estilhaça,
Racha, fragmenta, vira pó...
A vida não acaba,
Acaba o corpo, a matéria,
Insubstituível, irreciclável,
Falta irreparável, inconsolável,
A alma continua,
Pronta pra recomeçar, ainda que demore,
Pra renovar,
Pra reconstruir
Pra renascer, corajosamente

Vera Celms

Vera Celms disse...

PETIÇÃO CONTRA ESTUPRO CORRETIVO DE LESBICAS NA AFRICA DO SUL - ASSINE URGENTE


http://www.avaaz.org/po/stop_corrective_rape/?copy



Leia mais:

Mulheres homossexuais sofrem 'estupro corretivo' na África do Sul:
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/12/09/mulheres-homossexuais-sofrem-estupro-corretivo-na-africa-do-sul-915119997.asp



ONG ActionAid afirma que "estupros corretivos" de lésbicas na África do Sul estão aumentando:
http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/lifestyle/2010/03/22/243215-ong-actionaid-afirma-que-estupros-corretivos-de-lesbicas-na-africa-do-sul-estao-aumentando



Acusados de matar atleta lésbica são julgados na África do Sul:
http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,acusados-de-matar-atleta-lesbica-sao-julgados-na-africa-do-sul,410234,0.htm

Runa disse...

DEPURAÇÃO


Muitas vezes já morri nesta vida.

Muitos corpos já enterrei, dentro de mim.

E sempre renasci, do próprio sangue,
das cinzas e dos véus das mortalhas,

num outro eu, a cada morte revigorado.


RUNA

Runa disse...

NOVO PERSONAGEM

Quando se esgotarem
as áridas paginas deste livro
e finalmente me liberte
desta trama sem sentido;
de novo estenderei
minhas asas enrugadas
e retomarei meu secreto voo
através das brancas planícies,
resgatando minha alma
ao abraço estridente da névoa.

Durante algum tempo
voarei apenas, ao acaso,
sem rumo traçado,
livre do vago desfolhar de páginas
e dos sortilégios rígidos do guião
que me acorrentam aos rochedos
e me impedem de mostrar quem sou.
Deixar-me-ei levar pelos ventos
e pelas marés serenas do esquecimento,
atravessando o esplendor das neblinas
e o arrastar vagaroso dos séculos,
até que, de novo,
me sinta purificado
e cresça em mim
o incontrolável desejo de voltar,
numa diferente historia,
encarnando um novo personagem.


RUNA

Runa disse...

HERDEIROS DO VENTO

Flutuantes,
como pequenas bolhas de sabão,
fervilham
nos retalhos polidos do éter
almas esvoaçantes
na ânsia de vir ao mundo.

Agitam asas mirradas,
sacodem túnicas de pó,
e se esgueiram
ao sopro zeloso do vento
na busca primeva
de um corpo onde ancorar.


RUNA

Runa disse...

ALIANÇA DE FOGO

Pousada num mudo murmúrio de cinzas,
a Fénix que um dia irá renascer da lama obscura
com a alma liberta e o corpo transfigurado
pelo incandescente beijo de fogo das manhãs,
aguarda o redentor grito das labaredas
que o sol irá exalar num horizonte de mortalhas,
para resgatar ao casulo negra da treva,
que a envolve num colete de asas calcinadas,
a eterna aliança de um renovado voo.


RUNA

Runa disse...

REENCARNE

Os ventos embalam a face da madrugada,
a atmosfera vibra em harmoniosa melodia,
um halo de crescente luz abraça o horizonte,
e o arco divino se contrai.
Num invólucro de carne, ossos e sangue,
o choro do barro fundido,
arrancado ao torpor das cinzas
e ao secular pó da treva,
ergue-se da terra velada e esconsa
e, abraçando novos caminhos, desperta.


RUNA

S.Ribeiro disse...

Não estou no melhor momento para falar em renascimento, uma vez que meus fins ou o que está parando à minha frente, não concentra a dimensão de tantos outros olhos testemunhas de grandezas mundo afora. Meu sono, apesar de em dificuldade, por uma benção imensa e benevolente se mantém, hoje, sem carros incendiados, sem corpos em caixões simples, ou quem sabe esperando um caixão qualquer num morro de concreto ou numa rocha de lama; neste momento me calo, minha angústia ainda que proferida não caminharia muito longe.

Vendo este tipo de coisa, eu recolho meus problemas à relativização, e tento os guardar em paz num baú que nunca deixo fechado: é o tal do coração, que sevicia o cérebro, e viceversa. Atualmente estou vazio de lágrimas e recheado de tédio, mas sinto que acima de nós há quem aguarde o momento em me oferecer um tijolo para reconstruir e um bloco inteiro de pedra para quem irá renascer, recrescer, re-reproduzir-se e... Alguma fé eu carrego apesar de minha pequenez. Não posso renascer de uma morte falsa. O quase fim é que merece considerações.