Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 31 de outubro de 2010

Folhas - por Leo Santos

Folhas secas pelo chão,
hábitos higiênicos das plantas
nas pegadas do outono…
As árvores e suas cãs,
tardes em oposição às manhãs,
noites, p’ro ofício do sono…
A sombra, seu legado secundário,
bem primário, sob o domínio do sol;
Faz sua vida desejável,
sua morte lamentável,
até em contrário, prova.
Mas, sempre há folhas vivas,
até mesmo sob a neve,
a ousada que se atreve a cruzar o inverno;
Porém, a tempo sucumbe à sorte,
a morte lhe veste o terno,
e a vida se renova…
A insensatez evita as sombras,
vive em busca de calor,
por prazer é seu labor,
sua caça ensandecida;
Folhas que nascem e morrem n’um dia,
cujas impressões são voláteis,
pois é mui além das coisas táteis,
que se pode tocar a vida…
.
.
Visitem Leo Santos
.

Nenhum comentário: