Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O Negro - por Ninguém Envolvente

Por três séculos o Brasil fez uso da mão de obra de escravos negros.
Três séculos de humilhação, castigo, indiferença e dor.

2008 e os negros ainda convivem com preconceito, ganham menos, não têm as mesmas chances que uma pessoa caucasiana tem e são muito mais marginalizados que qualquer outra pessoa não negra.
Com a modernização dos tempos nota-se a diminuição deste preconceito, que está longe de ser o ideal.
A lavagem cerebral feita na cabeça do negro foi tão absurda que logo quando alguns negros tiveram sua liberdade, eles passavam a se vestir igual aos seus ex-senhores e ter também seus próprios escravos. O negro não sabia o que fazer e como agir após ter sua liberdade, porque na época ele não tinha em quem se espelhar para recomeçar sua nova vida.
O complexo de “TRABALHO DE NEGRO” existe ainda hoje no Brasil, com um péssimo efeito sobre a produtividade do trabalho. Serviços mais humildes que requerem menos tempo de estudo ainda são vistos como algo embaraçoso para um branco fazer.
O que é uma vergonha, pois segundo a nossa Constituição: somos e temos direitos iguais.


.
.

Um comentário:

Ana disse...

É isso aí, Ninguém!
Mas o ser humano é de uma lentidão impressionante quando se trata de evolução pessoal para longe dos preconceitos e das crenças estúpidas, como você já colocou em outros textos seus...
Beijo.