Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Alzheimer - por Ninguém Envolvente

Brvee decsirção sbroe o Alzihmeer: é uma doneça do cérbero que atfea a meómira, capaacdide de racoiciíno e couanicmção.
Escervo praa aleartr que um cébrero bem trneaido pdoe eivtar o Alzihmeer. Eustdos msoatrm que pesosas que leêm mias e exetcaum jgoos de psasa-tepmo têm a mneor chacne de faicr doetne.
É prescio não dexiar que o seu cébrero enrferuje. Fçaa cosais dierfeents, se vtisa de olohs fechoads e expreimnete viarar seu carpdáio diráio.
Conomfre evnelhmeceos a nsosa móemira se evsai ntaulramnete e praa prolgonar sua sanaidde metnal, coecme com aots que paeecrm irriósrios, cmoo, faezr palvraas curazads, sudkou ou xaredz.
Vcoê só pdôe ler etse tetxo, poqrue seu cérbero não lê cdaa lerta sepaardmaente, mas a plaarva cmoo um tdoo, dedse que a úlmita e a priirmea ltera estajem no luagr crreoto, etãno persrvee essa mavalhria que é seu cbréero.
Etsa foi uma perstaãço de seçrivo do Bolg “Não se elnvvoa”.

Praa ler mias sorbe a denoça de Alzhimeer, clquie auqi.


.

Um comentário:

Ana disse...

Ninguém:
Adorei seu texto! Muito bom!
Beijo!