Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 1 de setembro de 2009

Porque Ontem Foi Sexta - por Ana Maria Guimarães Ferreira

Sexta-feira, dia do CHOPP, da cervejinha, da esfiha, do churrasquinho.


Não sei porque todo mundo gosta da sexta-feira.
No trabalho as pessoas já começam a imaginar que depois do meio-dia a sexta vira sábado.
Na Capital da República, nas repartições públicas onde o controle de frequência de pessoal não existe (e quando ocorre é baixíssimo), basta olhar as garagens vazias, cheias de espaço que demonstram que seus ocupantes já terminaram a sua sexta-feira às 11 horas da manhã....
Nas ruas, o burburinho das pessoas que se animam para o happy hour me fazem lembrar o Rio de Janeiro, onde, nas sextas, a animação é grande, os bares e as pessoas nas calçadas refletem e muito bem o espírito e o jeito carioca de ser.
Sexta-feira é dia de feira.
Pena que não em todos os Estados.
Alguns não têm essa característica. Falta a emoção do esbarrão na feira, dos carrinhos que as mulheres empurram cheios de verduras, frutas e, é claro, o camarão, até porque é sexta.
Sexta-feira é o dia em que os salões de beleza ficam lotados, as mulheres estão se embelezando para o final de semana.
Os homens, quando a noite baixa, vão pensar no futebol com um copo de chopp na mão.
Sexta-feira... sexta-feira.
Me traz saudades das baladas noturnas, da moleza, do sentir o cansaço da semana, da praia que não tenho mais tão perto, do joguinho de buraco com meu pai, à noitinha...
Sexta-feira, dia abençoado por Deus!



.

Um comentário:

Ana disse...

É isso aí, Xará!
Bendita sexta-feira!
Beijo!