Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 3 de setembro de 2009

O Pote de Mel Estraçalhado - por Adir Vieira

Embora vinte e oito de agosto, o mês do desgosto, o dia hoje surgiu como um bonito dia de setembro, da tão esperada primavera.
No seu decorrer percebi logo que era agosto mesmo... O sol brilhante não conseguiu mascarar essa marca de dias pesados.
Para começar, já na mesa de café, gritos vindos do vizinho de cima e batidas fortíssimas de porta denotavam que a boa energia do dia estava fadada a ir pelos ares.
Não liguei, pois quem mora em apartamento sabe que isso é bem comum. Pensei não deixar que aquele ponto obscuro pusesse tudo a perder, mesmo ficando por demais nervosa, o que sempre ocorre quando entro em contato com qualquer tipo de discussão.
Liguei o som e iniciei minhas atividades prediletas na cozinha, tentando antecipar os trabalhos de final de semana. Coloquei à mão os ingredientes necessários para fazer um bolo de chocolate com cobertura, mas um gesto desatento de minha parte fez com que eu esbarrasse num pote de vidro de mel levando-o ao chão, sem piedade, estraçalhado.
Joguei para o alto a boa energia do dia, literalmente, quando vi paredes, geladeira e armário, depois da faxina de ontem, totalmente respingados daquele mel grosso e espesso, preparado com afinco pelas abelhas. XÔ!



Visitem Adir Vieira
.

Um comentário:

Ana disse...

Aí né mole, não!
Deu até pena de "ver" tanta lambança...
Beijo.