Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Bruna Lombardi, “Mulher do Povo” - Citada por Penélope Charmosa

Mas eu defendo meu filho
com todo sangue que tenho
eu defendo essa carne
com tudo que trago dentro.

Pouco me importa a pátria
generais e presidentes
eu defendo meu filho
com garras, unhas e dentes.

Mas eu defendo meu filho
com todo o ódio que tenho
o defendo dessa farsa
o liberto desse empenho.

Mas eu protejo meu filho
de todas as vossas armas
escarro nas vossas caras
o afasto de vossas tramas.

Mas o meu filho eu defendo
com o meu próprio corpo
por cima do meu cadáver
terão o meu filho morto.



In “No Ritmo Dessa Festa”.
.
.

Um comentário:

Ana disse...

DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!!
AMO ESTE POEMA!!!!!

"por cima do meu cadáver
terão o meu filho morto."
DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!! DEMAIS!!!