Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Um Dia... - por Marília Abduani

Um dia, tudo será saudade:
a dor silente e que não sangra,
não dói visível,
a ansiedade roendo as unhas da nossa serenidade,
a solidão, que emurchece o sol
e apaga as estrelas,
o sopro do vento, as infindáveis marés,
os rios de suores nossos de cada dia,
os espinhos de nossa inocência
e a desmedida frustração de não ter sonhado o bastante.
Um dia será lembrança o derradeiro inverno em nós.
Nascerá um tempo sem névoa,
apenas banhado de arco-íris.
Alma nova, sonhos aflorados,
plasmado em rimas e pleno de canções.



.
.

Um comentário:

Ana disse...

Que poetisa você é, Marília!
Parabéns!
Beijo.