Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quarta-feira, 8 de julho de 2009

A Magia do Encontro Terapêutico - por Alba Vieira

Então você chega: um rosto que talvez eu nunca tenha visto antes, mas que sem dúvida me toca por possuir traços presentes em outros rostos já conhecidos. Você vem com expectativas, em busca de alívio, talvez confuso por não saber ao certo o que vai falar, como expressar a sua dor ou até sua insensibilidade. E esse nosso encontro é mágico. Sempre. Porque neste momento se cumpre um ritual. Do meu lado, eu consigo observar quase tudo. Tudo tem importância, tudo fica mais claro. A expressão corporal fala por si só. Percebo a sua constituição. A sua voz consegue me passar tanto, talvez mais do que propriamente você fala. Seu rosto é revelador da sua angústia, do seu medo, da sua raiva e até da sua indiferença. Nos olhos (para onde se dirigem), no seu cumprimento, no toque de sua mão é possível captar a sua energia, como ela está fluindo no seu corpo.
E o ritual se cumpre. E você fala. E o que falamos muitas vezes surpreende, mais a você do que a mim. Porque você fala o que é necessário para que possa ser percebido na sua totalidade. E mesmo que você venha decidido a não revelar certos detalhes da sua intimidade, você se expõe... porque é preciso. E isso o alivia, é curativo por si só. E você sai mais leve. E, às vezes, se você quer, se transforma. E nossa relação se estabelece e se firma. E nossa troca é certa. E, assim, ambos crescemos e evoluímos.



Visitem Alba Vieira
.

Um comentário:

Ana disse...

Muito lindo, Alba!
Falou de algo tão cotidiano com um olhar tão belo!
Parabéns!
Beijo!