Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quarta-feira, 8 de julho de 2009

Gênio - por Leo Santos

Quando as águas da inspiração não fluem,
há um dique qualquer formando represa;
Manancial que pode ser luz, energia,
ou apenas água presa.

Mas o que é a inspiração?
Metabolismo anímico processando a vida,
tradução da mesma pra nosso idioma,
argúcia decifrando uma página jamais lida…?

Até sua ausência dá azo para escrever,
interpretar o tédio, encontros, afetos;
Como sonegar então a leitura,
se terra e céu, de poemas estão repletos?

Às vezes num impulso se grafa
impressões de um nada vivido;
E não é que sai um gênio da garrafa,
e nada, acaba fazendo sentido?

Então um mote que interesse,
um verso que predique tal sujeito;
Um leitor que seja cúmplice,
e pronto. Três pedidos satisfeitos.



Visitem Leo Santos
.

Um comentário:

Ana disse...

Simplesmente... genial!