Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 11 de junho de 2009

Nem Tudo é o que Parece - por Gio

Eu, que desaprendi a te esperar
Só de saudade não penso viver
Queria com meus versos pelo ar
Dizer o que não posso mais conter

Que agora é tarde para um recomeço
Ainda que passes por essa porta
Te quis... Sofrer eu sei que não mereço
Amo! Mas sei que já não mais importa...

Não é fácil ver algo tão bonito
Se transformar em pó, eu admito
Esqueça: o abandono convenceu

Nunca pensei que fosse ser assim
Te digo: agora é mesmo o nosso fim
Esquecerei de cada passo teu



(Um doce pra quem achar a mensagem escondida no poema hauhauuahaau)
.
.
.
Visitem Gio
.

4 comentários:

escrevinhadora disse...

nem vou procurar mensagem alguma; o poema é bonito por si mesmo.

Fatinha disse...

Querido Gio,
Estou retribuindo a visita, mas confesso que sou péssima em charadas. Além disso, estou de dieta. hehehe
Bjs
Paz

Ana disse...

Adorei, Gio! Muito bom! Muito bom ter charada e muito boa a poesia!
Beijo!

Ana disse...

Gio, meu amiguim,
A gente resolve assim:
Faz acróstico "QUINDIM"
Pra mim.
Simples assim!