Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sábado, 5 de dezembro de 2009

De Priscila para Luara - por Priscila Conrado

A essa eu tenho uma afeição.
Ela, garanto: é especial.
Singela e nobre de coração,
Em minha infância, essencial.

Abusei por ser ela sensível,
A lembrança ainda é clara.
Minha amizade não é perecível
e dedico a você, prima Luara.
.

2 comentários:

KBÇAPOETA disse...

URBANO POETA

Trago o espírito
Da melhor ocasião.
Devaneio certo de um corpo
Disperso, imerso em profunda
Divagação.
Abstração contínua,
Intensa e transcendental,
Sílaba por sílaba.
Notas músicais e palavras
Dançam um frevo
Poético, versado
Na mais longínqua
Fonte que pude vislumbrar.
Oásis no deserto dos sem-lirismo,
O cinza de suas vidas
Pouco a pouco ficam mais coloridos,
Graças aos versos dos poetas,
A maldição dos profetas
E meus doces acordes de trovador
urbano.

Anônimo disse...

Conrado²(quem diria)

Ando pensando na vida
e você não está presente
em meio a tudo não vejo saída
com memórias consumindo minha mente

De repente a gente se reencontra
e só pra mim em sussurro desabafa
E o resto, isso não conta
Porque esse amor nunca acaba.

ass: Priscila Conrado