Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 15 de outubro de 2009

- Resposta! - por Anônimo

Veja bem como é ingrata
A “situação” em questão...
Disse “ lindinha” na lata
O que despejei do cabeção!

Ok, seis versinhos chulés
Que aos teus não se comparam,
Mas veja quão grande és
E a mim... Lobotomizaram!

Saí de meu corpo afinal
E visitei desencarnado
Bati um papo legal
Indicaram Léo: - Retrato!

Fui me arrastando assim
Com meus pensamentos fervendo
E quase chegando ao fim
Me vi então escrevendo!

Saiu poesia de mim!
Eu tava lá, e vi, tá!
A voz disse: Sou Tim!
E gosto é de filosofá!

Então saiu verso que fecha
A tampa desse caixão
E vem: Lindinha, a flecha.
Direto no coração!?

Mortinha. E de novo: o Tim!
Com teor lá nas alturas
Em meio a álcool me vi
Ai Bigode! Que tortura!

Bati as botas enfim.
E bebum é que não falta.
Por favor, dá um quindim
Pra glicose ficá alta.

E para de rir! Sofri!
Pois isto é composição!
Não sai melhor, pois criar Pri
Dispersa minha atenção.

E também tem aquela anã
nervosinha como o quê
não me deixa nada sã
Então não dá pra escrever!

(Sobre meus versos faço isso:
Depois de ler, não comento
Vendo, solto meu riso.
Eu sou pior que jumento!)



Resposta a Resposta, de Ana.
.

Nenhum comentário: