Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sábado, 10 de outubro de 2009

POESIA de Noé - por Kbçapoeta

Quis fazer do nosso amor
Uma arca encantada
Que passaria por dilúvios e Tormentas.
Ah! Mágica encantada.
Que o galho de oliveira fosse seus lábios
Ao tocar nos meus.
O arco-íris confirmaria
Uma divina aliança.
Seu corpo seria o éden esquecido.



Visitem Kbçapoeta
.

2 comentários:

KBÇAPOETA disse...

Verbatin

Vagamente sigo indeciso,
Ouvindo conselhos das estrelas,
Astro no céu, branco e roliço
Aconselhou-me nunca perde-las.

Diamantes em noturno manto,
Instantes de máxima certeza ,
Delírio de causar espanto ,
Clarão almejado de pureza .

Hoje sigo em profundo transe,
Atrás de estética e rima.
A singular matéria prima

Belo mar já navegado antes,
Decassílabos parnasianos
Não sensibilizam os amantes.

Ana disse...

Adorei seu amor bíblico-escatológico! rsrs Muito bom! Adorei a analogia!
Beijo.