Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 4 de outubro de 2009

Enfeitiçado - por madruga

As tardes são longas! A espera e o silencio amordaçaram a vontade de reagir.
Não quero tirar a mordaça que me sufoca, como que um masoquista, quero sentir dor
nem que me provoque chagas. Só noutra dimensão tenho a paz interior, essa em que entras e me fazes respirar, criar e renascer. Renascerei por ti e para ti, sempre que contigo estou tudo faz sentido, sem ti estou perdido, perdido em pensamentos que me confundem e tornam vulnerável. Preciso respirar-te, ouvir-te, ver-te, tocar-te.
Mesmo assim amo como nunca amei, sofro como nunca sofri, desejo como nunca desejei.
Estarei a enlouquecer, pergunto-me às vezes, pois louco serei porque jamais te esquecerei.



Visitem madruga
.
.

Um comentário:

Ana disse...

Bonito, madruga. Enfeitiçado mesmo!
Beijo.