Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 23 de junho de 2009

As Nossas Palavras V - por Ana

Vou tentar mais uma vez
As Nossas Palavras rimar.
Não é coisa muito fácil,
Mas lá vou eu me arriscar...

Hoje nove desafios: tão
Ofender ofensa alma
Procurarei elevar alguém
Chegue alto
. Muita calma...

Sem pretensão de ofender
Começo aqui meus versinhos
Tão infantis nas riminhas,
Tão singelos, tão bobinhos...

Quando são tão delicados
Escrevo sem ofender,
Saem palavras da alma,
Repletas de bem-querer.

Procurarei ser assim
Nas letras de hoje em diante,
Elevar os meus escritos,
Não xingar mais a xavante...

Se alguém sentir falta da briga,
Pode falar sem receio,
Eu desisto da bondade:
Meto logo a mãe no meio!

Ai, não nasci pra ser santa...
Já estou ficando animada!
Tô doida que chegue o dia
Do retorno da safada!

Transformar a natureza
É coisa que não dá certo:
Em mim o que fala mais alto
É o verbo rasgado e aberto!

Os homens são como navios:
Cada um se adequa a um porto.
O meu é o de Tubarão
E vitória é meu conforto.

Desisto da beatitude,
Não gosto de nada imposto:
Este pau aqui nasceu torto
E não desentorta nem morto!



Referência à saga A Ninja x A Samurai.
.

2 comentários:

escrevinhadora disse...

E não dizem que o lobo perde o pelo mas não perde o vicio? Rsrs.

Ana disse...

Pois é, menina... Bem que eu tentei... Vocês são testemunhas!
Além do mais, tô velha pra ser ovelha... rsrs
Beijo!