Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 28 de junho de 2009

As Nossas Histórias XIII

.
AFLIÇÃO


Hoje o dia é de aflição... acordei assim.
.

6 comentários:

escrevinhadora disse...

Com um aperto no coração e a certeza de alguma coisa, qualquer coisa, vai dar errado.

Ana disse...

AFLIÇÃO


Hoje o dia é de aflição... acordei assim. Com um aperto no coração e a certeza de alguma coisa, qualquer coisa, vai dar errado.
Levantei, andei a esmo pelo quarto, fui até a janela, como se o mundo de fora pudesse me trazer outra sensação que não essa... mas foi em vão.

Anônimo disse...

AFLIÇÃO


Hoje o dia é de aflição... acordei assim. Com um aperto no coração e a certeza de alguma coisa, qualquer coisa, vai dar errado.
Levantei, andei a esmo pelo quarto, fui até a janela, como se o mundo de fora pudesse me trazer outra sensação que não essa... mas foi em vão.
Resolvi, então, prosseguir o dia sem me importar com esta sensação.

Clarice A. disse...

AFLIÇÃO


Hoje o dia é de aflição... acordei assim. Com um aperto no coração e a certeza de alguma coisa, qualquer coisa, vai dar errado.
Levantei, andei a esmo pelo quarto, fui até a janela, como se o mundo de fora pudesse me trazer outra sensação que não essa... mas foi em vão.
Resolvi, então, prosseguir o dia sem me importar com esta sensação.
Aí tive uma idéia, mandar a rotina às favas e com o novo me ocupar, quem sabe assim, esse troço iria passar?

Ana disse...

AFLIÇÃO


Hoje o dia é de aflição... acordei assim. Com um aperto no coração e a certeza de alguma coisa, qualquer coisa, vai dar errado.
Levantei, andei a esmo pelo quarto, fui até a janela, como se o mundo de fora pudesse me trazer outra sensação que não essa... mas foi em vão.
Resolvi, então, prosseguir o dia sem me importar com esta sensação.
Aí tive uma idéia, mandar a rotina às favas e com o novo me ocupar, quem sabe assim, esse troço iria passar?
Pensei em fazer várias coisas: tomar sorvete no shopping, ir ao cinema, ficar fofocando ao telefone, caminhar na praia, visitar velhos amigos... Antes de me decidir, dei com os burros n'água: a maldita aflição havia voltado.

Clarice A. disse...

AFLIÇÃO


Hoje o dia é de aflição... acordei assim. Com um aperto no coração e a certeza de alguma coisa, qualquer coisa, vai dar errado.
Levantei, andei a esmo pelo quarto, fui até a janela, como se o mundo de fora pudesse me trazer outra sensação que não essa... mas foi em vão.
Resolvi, então, prosseguir o dia sem me importar com esta sensação.
Aí tive uma idéia, mandar a rotina às favas e com o novo me ocupar, quem sabe assim, esse troço iria passar?
Pensei em fazer várias coisas: tomar sorvete no shopping, ir ao cinema, ficar fofocando ao telefone, caminhar na praia, visitar velhos amigos... Antes de me decidir, dei com os burros n'água: a maldita aflição havia voltado.
Decidi ouvir minhas músicas preferidas, daquelas bem antigas. Não dizem que quem canta seus males espanta? Começo com Moonnlight Serenade com Glenn Miller.