Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 12 de maio de 2015

LUPA

Encontrei mais perto
passo a passo
olhar fixado no chão
na trilha
rastro ou pegada não
sintoma, pressentimento
fantasma, forma difusa
torpor do esquecimento
confusa

Indícios, migalhas
iscas de ilusão
condecorações, medalhas
virtude é condenação
seriedade que espalha
fraquezas, franquias
prejuízos e perdição
meneios e manias
confusão

Encontrei mais perto
infinita distância
o impossível e o não


[Adhemar - Santo André, 28/08/2014]

3 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Bom dia. Nesse caminho de tantas negativas impostas pelo destino, tantas confusões inerentes ao coração humano, tentamos prosseguir com a suavidade dos nossos passos na ausência da contramao.
Belo poema.
Beijos na alma.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia. Nesse caminho de tantas negativas impostas pelo destino, tantas confusões inerentes ao coração humano, tentamos prosseguir com a suavidade dos nossos passos na ausência da contramao.
Belo poema.
Beijos na alma.

KBÇAPOETA disse...

Uma lente zoom das idas e vindas da vida. Muito bom.