Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sábado, 2 de agosto de 2014

Café de todos os dias - por Thiago de Sá

O cheiro do café me pôs de pé,
o sol raiava tímido.
O vento era frio e aconcheguei-me,
a cama era quente,
meus olhos estavam dormidos.
Mas o cheiro do café me pôs de pé,
ao longe ouvia sons de realidade,
bem longe meus sonhos se iam
E o cheiro do café...
Esse cheiro de café...
Vence qualquer preguiça.

Mãe, meu café, por favor!

Visitem Thiago de Sá
.

Nenhum comentário: