Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Mulher sobre o muro - por Poty



Ela a vista sobre suas curvas aproveitou-se o tom do muro com seus toques depredados assim tornando-se estrias desta bela e sensual mulher acompanhada de peixes sobre seu mar.

Poty – 14/12/2012

Um comentário:

Poty disse...

Tocando-a sem precedente

Quando a toco
Vai desabrochando
Como se fosse uma flor ao amanhecer.
Excitação total
Como se fosse um toque interminável.
Neste toque vai parecendo borboleta voando.
Vou tocando em suas asas sem parar.
Tornar-se a mais intensa sensação sem fim.
Se contorce toda.
Geme num silêncio duradouro.
Grito interior inacabável.
De repente pára
Como se fosse morrendo.
É insaciavelmente num logo e prazeroso jato de ejaculação.
Ela treme
Tudo nela esmorece
Num eterno êxtase
Parece que o mundo acaba n’aquele instante.
Tudo inesgotável.
Como se fosse o Arco-Íris,
Mas as cores são de incondicional prazer.
Havia entrega mútua.
Eu querendo ser engolido pelo pulsar de seus orifícios.
Tudo acontecendo ao mesmo tempo:
Suor
Líquido de seu gozo
Esperma
Gemido
Silêncio...
E depois esticados na cama
Soletramos
Falamos
Deste imenso e prazeroso e interminável toque...
Fica o desejo de continuar
De querer mais.
Este é o segredo:
Ficar a pitada e marca de voltar
E a satisfação de satisfazer.
Numa alucinação que não se acaba
Ela permanece intrínseca
É insaciável
Essencial para o retorno.
Tudo fica na minha imaginação como se tivesse vendo tudo de novo fazendo repetindo...
Eu e Ela.
Poty – 14/03/2013