Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 9 de outubro de 2012

O Rato - por Alba Vieira


 
O rato roeu meus ossos com tal harmonia
E ficaram tão porosos que a leveza levou a agonia
De sempre ter firmeza, mesmo em noites bravias.
Hoje balanço feliz! Dou graças ao rato: a sabedoria.


2 comentários:

Fred Caju disse...

Muito bom, Alba!

Day disse...

Muito bom seu estilo. Amei!

Daisy Carvalho