Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quinta-feira, 14 de junho de 2012

Antonio Cícero e a “Canção do Amor Impossível” - Enviado por Penélope Charmosa

 


Como não te perderia
se te amei perdidamente
se em teus lábios sorvia
néctar quando sorrias
se quando estavas presente
era eu que não me achava
e quando tu não estavas
eu também ficava ausente
se eras minha fantasia
elevada a poesia
se nasceste em meu poente
como não te perderia?
 
In “A Cidade e os Livros”, p. 43.
 
 

Nenhum comentário: