Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




sábado, 30 de abril de 2011

Sem Derreter - por Davi Rodrigues


.
.
É do não se estar longe mesmo quando não se sabe o porque
Como as folhas das árvores tão meticulosamente alojadas em tão perfeita simetria
Como os pássaros que sobrevoam e cortam o céu em busca do calor
Ah! Se fossemos peixes em cardumes! Não haveria mar para nós
Talvez enxames a produzir em qualquer gesto, a finalidade do mel
Ou terra para sermos lotes de casas, ou hortas
Ou simplesmente para se andarem descalços sobre nós
Quem sabe janelas para que pudessem respirar
Ah! Doce não distância entre portos e estações
Carga em sacos descansando durante a viajem
Focos de luz em supostas escuridões
Aglomerados de bons fluíres
Paz mundial...
Partindo de cada um, pra se tornar um tantão!
.
.
.
.
.

Nenhum comentário: