Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Mesmo Distante Faço Parte de Você - por Priscila Conrado

Só queria te conhecer
Não quero seu amor
Só peço pra não me esquecer
Eu choro é de dor

Não sei porque foi embora
Mas deixou algo pra trás
Pensou nisso alguma hora?
Não! Comprometer sua paz?

Mas a rejeição não é a morte
Foi só o primeiro de muitos
Conformo-me, questão de sorte!
Esperarei encontros fortuitos
.

4 comentários:

Anônimo disse...

Isso nunca para
Me sinto sozinha
Abandonada completamente
Essa história é só minha
Com um passado ainda permanente

Desse passado não pude participar
Inconsequente foi e meu futuro desgraçado
Minha vida, conseguiu dissipar
Sou seu pedaço afastado

Dá arrepio só de pensar
Que talvez você nâo me queira
E que até tentou me matar
Essa ideia, a loucura beira.

Priscila conrado

Anônimo disse...

Isso nunca para
Me sinto sozinha
Abandonada completamente
Essa história é só minha
Com um passado ainda permanente

Desse passado não pude participar
Inconsequente foi e meu futuro desgraçado
Minha vida, conseguiu dissipar
Sou seu pedaço afastado

Dá arrepio só de pensar
Que talvez você nâo me queira
E que até tentou me matar
Essa ideia, a loucura beira.

Priscila conrado

Anônimo disse...

Isso nunca para
Me sinto sozinha
Abandonada completamente
Essa história é só minha
Com um passado ainda permanente

Desse passado não pude participar
Inconsequente foi e meu futuro desgraçado
Minha vida, conseguiu dissipar
Sou seu pedaço afastado

Dá arrepio só de pensar
Que talvez você nâo me queira
E que até tentou me matar
Essa ideia, a loucura beira.

Priscila conrado

Anônimo disse...

Redenção
A falta que faz agora
É a mesma que fez sempre
Não vá de novo embora
Quero que de mim lembre

A solidão em minha alma é berrrante
É inquieta,patologica e corrosiva
Consequencia de sua vida errante
Traz consigo uma tragetória nociva.

ass:Priscila Conrado.