Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 15 de setembro de 2009

Um Alguém - por Passa-Tempo

É, amor... Preciso lhe contar,
Estou com um outro alguém,
Alguém que não me deixa,
Que está sempre comigo,
Mesmo que eu não queira.

É um alguém sempre presente,
Que, vira e mexe, quase sempre,
Constantemente me faz chorar;
Chorar de amor.

E nas horas mais difíceis está ali comigo,
E quando lembro de você, é quando não me larga.
Vai comigo aonde eu for,
Sei que hoje sou novo, e pouco importa a idade,
Enquanto esse alguém se chamar saudade.
.

4 comentários:

Passa-Tempo disse...

eu e você

Sonho Bom, foi te ter ali comigo
Curtindo o momento em que não sabiamos mais o significado da palavra roupa,
Muito menos para que servia tal objeto.
E pra que se importar com roupas feitas por mãos de homens,
Se tinhamos ali, dois corpos, feitos pelas mãos de Deus?

E eu estava ali, com você,
Foi quando te vi abrindo, pela primeira vez,
E era pra mim,
As protas de um túnel, onde não se via luz em seu fim,
Mas era um lugar seguro,
Quentinho, apertadinho, aconchegante,
Onde eu mais queria estar naquele momento.

E lendo minha mente, seus olhos ardentes,
Me convidavam para entrar,
E assim eu fiz, entrei!
De imediato pude sentir,
O enrijecer dos músculos de cada membro seu,
fazendo assim enrijecer o meu.

Enquanto unhas penetravam minha carne,
Mais fundo eu chegava nesse limitado túnel,
E as gotas de suor faziam queimar as feridas.
E nessa loucura dançávamos em movimentos sincronizados, de direções opostas,
Ao som da melodia mais gostosa e harmônica que o chocar dos corpos e seu gemido incontrolável de prazer poderiam formar.

E assim eu ficaria ali,
Montando e desmontando esse quebra-cabeça de duas peças,
Onde a minha encaixa na sua.
Passaria o dia todo,
Dançando a mesma música, jogando o mesmo jogo,
Até chegar a Senhora Fadiga,
Juntamente com o Senhor Cansaço,
Me levar para os braços de Morfeu.

Mas acordo feliz, e animado,
Pois sei que quando a Lua tomar a noite,
Seja tarde ou seja cedo,
para que eu seja seu morcego,
E você, minha Dama da Noite.

Alba disse...

Passa-Tempo,
Amei o seu poema e caí direitinho. Já estava pensando que você estava em outra quando falou da saudade. Demais! Maravilhoso! Beijos pra você e toda a família.

Passa-Tempo disse...

Caro Shintoni,
O nome do Poema que deixei como comentário logo a cima é:
"Eu e Você, Amém"

Ana disse...

Minino!!!! Adorei o Um Alguém!!! Amei! Beijocas!