Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 6 de setembro de 2009

Solidão a Dois - por Duanny

Um único copo vazio em cima da mesa, um único prato sujo, um único som.
Você chegou tão de repente, esbanjado charme e me fazendo falar alto, me fazendo sorrir mais uma vez. Sujamos alguns pratos e outros copos, ouvia o som da sua voz que me ensurdecia, te olhava em estado hipnótico e falava com você em silêncio.
Não demorou muito tempo até meu castelo de porcelana desmoronar, minha atenção se desviar e você me faz falar nitidamente baixo, em uma noite quente e comprometedora.
Gostaria de naquele momento ter dito tudo o que não foi pronunciado, ver além do que não é visto, te fazer me amar cegamente.
Mesmo sentindo o toque das suas mãos, mesmo ouvindo você dizer elogios sedutores, mesmo vendo você se revirar todo, eu continuava ali, parada, estática, com os olhos vidrados, como se a morte estivesse preste a me beijar, como se meu tempo com você fosse se esgotar, como se você fosse o mais belo quadro. Mas somente um quadro.
Deitei-me ao seu lado, podia sentir dali mesmo seu perfume, sua pele, suas palavras impronunciáveis, seus segredos mais obscuros, suas manias mais perversas, suas vontades incontidas. Mas eu continuava ali, louca por atenção, sedenta por carinhos, faminta por paixão, e extremamente sozinha.



Visitem Duanny
.
.

2 comentários:

Pasa-Tempo disse...

Gostei, muito bom, legal mesmO!!!

Ana disse...

É legal mesmo, Passa!
Parabéns, Duanny! Muito legal!
Beijo!