Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Auras Entrelaçadas - por Ana

Como um imenso manto negro pairo sobre sua casa. Encubro telhado, terraço, plantas, janelas, portas, garagem, portão. Impeço o dia para que durma e sonhe.
Para que acorde, sonhando, imaginando que vive enquanto se ocupa dos acontecimentos diários, sem perceber sua voz triste, opaca e vazia.
Ao mesmo tempo sua alma secular descansa em um sono ameno de lembranças; vive sorrisos, palavras, toques, tristezas, distâncias, saudade, gestos... e sonha o futuro.
O dia em que você levantará da mesma forma que sempre, mas intuirá que dorme; buscará, sem bússola ou horizonte, a resposta para sua inquietação e, após horas cansativas na semiconsciência da incompletude, só restará a opção de repousar a cabeça sobre o travesseiro e chorar, lágrimas que sofre sua alma quando você diariamente parte sem ela.
Neste momento, chorarão em uníssono, você e ela, sobre a mesma cama, ocupando o mesmo espaço.
A dor da falta de sua essência fará com que a sinta em si, que se una a ela e se perceba por completo, parte de um caminho maior do que essa existência.
No dia seguinte, como um manto leve e claro envolverei sua vida, assim que acordar, protegendo seus passos em direção a um seu destino que se encontrava, há anos, abandonado.
.

Nenhum comentário: