Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




domingo, 23 de agosto de 2009

A Loja de Artigos para Bebês - por Adir Vieira

Não sei se foi o tempo já clamando pelo verão ou sei lá o quê, mas hoje acordei tão bem disposta que decidi dar um passeio a pé.
Como é um hábito meu, meus olhos captam qualquer sinal e varrem tudo o que veem.
Passava eu pela avenida já por demais conhecida, pois moro no local há mais de vinte anos. De repente vejo uma loja de artigos de bebê encurralada na garagem de uma casa.
A loja é pequena, mas bem colocada e bem decorada, utilizando-se de bonecos como manequins.
Travesseiros em formas de bichinhos e outros inúmeros artefatos para um quarto de criança enchem o local de beleza e candura.
Pode-se dizer que um profissional do ramo deixou ali seu aprendizado digno de prêmios e mais prêmios. Mas será que foi mesmo um profissional?
Começo a matutar o porquê de numa rua como aquela, onde só existem residências, alguém se arriscar a inaugurar um negócio daquele porte. Penso que eu não teria tanta coragem.
Penso que motivo levaria alguém a fazê-lo e relaciono algumas hipóteses em mente, uma delas o fato da dona ser sacoleira e devido a algum recente impedimento, ter que fixar o negócio na própria casa. Renego essa hipótese, pois o investimento para transformar a garagem em loja deve ter sido grande e sugere alguma coisa estrategicamente planejada.
Vou adiante no meu pensamento e imagino que a dona devia trabalhar numa loja dessas, ter sua própria carteira de clientes e agora, aposentada, desejado fazer sua própria loja. Escolheu sua residência para fugir de um aluguel polpudo.
Sei lá, são tantas as hipóteses...
Mas de uma coisa estou certa. Ali, naquele local, um comércio jamais irá prosperar.
Não sei como uma pessoa pode ser tão otimista a ponto de investir tanto para depois perder...
Mas assim é a vida. Vale enquanto sonhamos, enquanto esperamos ter sucesso, enquanto estamos felizes arquitetando novos projetos...



Visitem Adir Vieira
.
.

Um comentário:

Ana disse...

É verdade... É a mais pura expressão da verdade...
Olha só o que admiro em você: a capacidade de retirar das coisas mais insignificantes pensamentos desta natureza e profundidade!
Beijo!