Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




segunda-feira, 28 de maio de 2012

Fortes Pétalas Também Caem - por Yuri

Eu posso ir para o caminho esquerdo, que é onde você não se encontra.
Eu posso mesmo me sentir sozinho, quando estou rodeado por todos os meus amigos porque me falta algo, me falta você.
Você se lembra da nossa primeira vez? E da segunda? Terceira... não foram muitas.
Eu te dei meu cordão da sorte pra você ver que eu voltaria e para você ficar protegido enquanto eu estivesse fora. E quando eu chego de fininho, esta lá você beijando o cordão e pensando... pensando...
Eu fico parado olhando você pensar... pensar... Pensar em mim. Nos beijamos loucamente.
Nos damos as mãos e mostramos pro mundo o que são duas pessoas felizes e com amor.
Você segurou meu rosto, olhou dentro dos meus olhos... e eu pude sentir em meu coração que você estava dizendo a verdade... você vai voltar... Você vai voltar e ficar.
Lábios doces como o mel, em uma medida equilibrada de sal e açúcar.
Você está me enlouquecendo... minha pele esquenta e esfria... eu não consigo sair do meu quarto e parar de pensar como seria se você estivesse do meu lado... Mas você não está.
Eu tinha você dentro de meus braços, você sempre estava à minha volta e eu tinha dúvida de quando você fosse se isso me tornaria mais forte ou me faria cair mais rápido.
As coisas acontecem rápido... mas eu queria que você me tocasse o mais lentamente possível.
Tornaria tudo diferente, eu nunca quero deixar você ir. Seu sorriso me encanta e eu sinto tanto sua falta, você mora em meus sonhos, dizendo a cada dia que está mais perto de voltar.
Você deve estar em um lugar melhor. Com uma cor diferente... Alguém te prendeu? Você nunca chega.
Você não pode sentir o que eu sinto e deve ser por isso que não está aqui.
Se sentisse, aposto que você viria correndo, não é? Me diga que viria...
Se isso for um final, eu não quero que seja assim. É como conhecer o melhor do céu falar que ele é só seu. E depois tirarem seu céu, seu chão, aquele equilíbrio.
O que era só seu por nada, por você mesmo. No final está você em si mesmo. Perdendo a memória...
Ele perdeu a memória.
Eu só queria poder dar um sorriso feliz assim... normal... simples... sem pensar que no inverno você poderia me aquecer e no verão me secar com seus lábios.
Flores que cantam junto com os passos da vida, você está ficando para trás.
Eu, em nenhum momento, corri ou quis isso. Mas todos nós sabemos que podemos voar. Voar para longe.
E nesse momento eu tive a certeza: você esta perdendo... perdendo... toda sua memória e sabedoria.
 
Visitem Yuri
 

Nenhum comentário: