Bem-vindo ao Duelos!
Valeu a visita!
Deixe seu comentário!
Um grande abraço a todos!
(Aviso: Os textos em amarelo pertencem à categoria
Eróticos.)




quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O Dom - por Alba Vieira

Arte é centelha permanente
Na vida de quem deixa fluir...
A sensibilidade é um presente.
O dom é o bem maior a possuir.

Mas nem todos conhecem o seu dom.
Às vezes, é escondido tão profundamente
Que se vive sem brilho e fora do tom,
Percebendo a vida nada reluzente.

Se a existência parece cinza,
Se nós contamos os dias ao invés de viver,
Fazendo o que deve ser feito e sendo ranzinzas,
Decerto não deixamos nossa missão florescer.

É preciso sondar com diligência.
Entender como de fato somos é mister.
Onde parecemos perfeitos? Do que gostamos?
Cumprir a missão é fazer o que se quer.

Não importa o que os outros pensem a respeito.
A escolha é sempre individual.
Só você é capaz de saber ao que veio,
Pode ser algo grandioso ou mesmo banal.

O fato é que quando sintonizamos
Com a razão maior de nossa vida,
Equilíbrio, força e alegria nós despertamos,
Estaremos em paz e fluindo com a vida.

Essa é a maior proteção que se pode ter:
Uma vida muito rica de objetivos,
Não dando espaço pra doença aparecer
E estampando no rosto um eterno sorriso.
.
.
.
Visitem Alba Vieira
.

Nenhum comentário: